10:55 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Navio no estreito de Kerch que une o mar Negro ao mar de Azov

    Após apreensão de barco da Ucrânia, russos realizam ações antipirataria na Crimeia

    © Sputnik / Georgy Zimarev
    Rússia
    URL curta
    6252

    Guardas de fronteira da Crimeia realizarão exercícios no mar de Azov a partir desta segunda-feira, a fim de trabalhar nas técnicas de prevenção da captura de barcos de pesca por piratas, informou o órgão regional de proteção de fronteiras do Serviço de Segurança Federal (FSB) à Sputnik.

    "No dia 7 de maio, a filial da Crimeia do FSB da Rússia realizará exercícios no mar do Estreito de Kerch, durante os quais serão praticados os métodos de combate às ameaças marítimas, incluindo a tentativa de sequestrar barcos de pesca no mar de Azov, libertando um navio com reféns", disse o serviço de imprensa do FSB.

    Os guardas de fronteira também irão treinar para neutralizar potenciais piratas ou terroristas.

    Na semana passada, o serviço de proteção de fronteiras da Crimeia deteve um navio de pesca ucraniano e sua tripulação por causa da pesca ilegal na zona econômica exclusiva da Rússia. A Ucrânia protestou contra a detenção de seu navio.

    A Crimeia voltou à Rússia em 2014 em um referendo, com mais de 90% dos moradores escolhendo a reunificação. No entanto, Kiev ainda considera a península do território ucraniano.

    Autoridades russas ressaltaram repetidas vezes que a reunificação ocorreu por meio de um referendo, de acordo com as leis internacionais.

    Mais:

    Deputado ucraniano quer privar Rússia da Ponte da Crimeia como 'indenização'
    Ponte da Crimeia conclui testes de resistência aguentando caminhões de 35 toneladas
    Crimeia mostra ao mundo como seguir em frente 'sem que Ocidente dite termos'
    Tags:
    reféns, defesa, segurança, pirataria, Serviço Federal de Segurança (FSB), Mar de Azov, Crimeia, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik