04:36 21 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Unidade de elite antiterrorista Alfa do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB)

    Terroristas que planejavam atentados na Rússia foram coordenados no exterior

    CC BY-SA 3.0 / SpetsnazAlpha
    Rússia
    URL curta
    4101

    O Serviço de Segurança Federal russo informou a detenção de cinco membros do Daesh (proibido na Rússia e em outros países) na cidade de Yaroslavl nos dias 3 e 4 de maio. Como a agência de aplicação da lei especificou, eles estavam planejando atos terroristas em várias cidades russas.

    Como o FSB especificou, as comunicações entre terroristas foram mantidas através aplicativo de mensagens Telegram, inclusive do exterior.

    "Durante as buscas, confiscamos um arsenal de artefatos explosivos improvisados, explosivos, armas de fogo e munição dos detidos", afirmou o FSB.

    No início do dia, a agência informou sobre a eliminação de dois líderes de uma seita extremista religiosa em Nevinnomyssk, na região de Stavropol, no sul do país. Segundo o serviço de segurança, eles também encontraram um laboratório para a produção de explosivos, armas, munições e granadas no local.

    "Em resultado da operação especial realizada em 4 de maio na cidade de Nevinnomyssk, durante a tentativa de detenção foram eliminados dois líderes de um grupo religioso-extremista que recorreram à resistência armada e planejavam realizar ataques terroristas", informou um comunicado do FSB.

    No lugar da detenção "foi encontrado um laboratório de produção de matérias explosivos, um dispositivo explosivo caseiro preparado pelos criminosos, bem como armas de fogo, munições e granadas".

    Tags:
    terrorismo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik