17:45 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Sede do Pentágono em Washington, EUA

    Pentágono pede para poupar Índia, Vietnã e Indonésia de sanções por cooperação com Rússia

    © AFP 2018 / STAFF
    Rússia
    URL curta
    219

    O chefe do Pentágono, James Mattis, fez nesta quinta-feira (26) um apelo aos senadores norte-americanos para fazer uma exceção à lei sobre as sanções antirrussas para a Índia, Vietnã e Indonésia, a fim de garantir o fornecimento de armas dos EUA a esses países.

    Mattis lembrou que a Índia, o Vietnã e a Indonésia possuem um grande número de armas que foram fabricadas na Rússia, mas ao mesmo tempo "estão inclinados a comprar mais armas dos EUA". O secretário de Defesa observou que a lista desses países "pode ​​mudar muito rapidamente".

    Ele acrescentou que gostaria que tais exceções fossem feitas no orçamento de defesa dos EUA para o ano fiscal de 2019.

    Em 2 de agosto de 2017, o presidente dos EUA, Donald Trump, assinou a Lei de Contenção de Adversários da América Através de Sanções (CAATSA, na sigla em inglês), tendo em vista a Rússia, o Irã e a Coreia do Norte.

    A legislação da CAATSA permite que a administração dos EUA imponha sanções a entidades e indivíduos que operam em nome do setor de defesa ou inteligência da Rússia, bem como aqueles envolvidos em transações com esses setores.

    Os Estados Unidos advertiram os estados estrangeiros e empresas do setor privado que as transações significativas com entidades russas listadas pelo Tesouro seriam sancionadas.

    Mais:

    G7 defende manutenção das sanções contra Rússia
    EUA ameaçam Turquia com sanções em caso de compra dos sistemas S-400 da Rússia
    Rússia deixará OTAN sem aviões cargueiros devido às sanções, diz mídia
    EUA preparam novas sanções contra Rússia; anúncio será na segunda-feira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik