13:21 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O Secretário-geral da OTAN Jens Stoltenberg

    Stoltenberg: OTAN não pretende isolar Rússia

    © AFP 2018 / ADEM ALTAN
    Rússia
    URL curta
    1783

    O secretário-geral da da OTAN, Jens Stoltenberg, declarou nesta quarta-feira (4), durante sua visita a Ottawa, que a Aliança busca melhorar as relações com a Rússia.

    "Continuamos a lutar por melhores relações com a Rússia, a Rússia é e será nossa vizinha. Não pretendemos isolar a Rússia", disse Stoltenberg.

    Segundo ele, a Aliança do Atlântico Norte continuará a cooperar com a Rússia no controle da proliferação de armas, impedindo uma nova guerra fria e a corrida armamentista, além de buscar um diálogo político com Moscou.

    Anteriormente, a OTAN respondeu ao "caso Skripal" declarando a revogação do credenciamento de sete funcionários da embaixada russa na Aliança e se recusando a conceder mais três credenciais. Assim, o número da representação permanente russa na OTAN foi reduzido para 20 pessoas. Uma fonte do Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse que Moscou certamente responderia a essas medidas.

    Moscou não exclui que o caso Skripal, que provocou expulsão dos diplomatas russos, tenha sido arquitetado como um pretexto para a OTAN aumentar despesas com defesa.

    Mais:

    Chancelaria russa sobre convocação do Conselho Rússia-OTAN: agora não é possível
    Mídia avalia capacidades de desdobramento rápido da OTAN em caso de guerra com Rússia
    Por que militares ucranianos seriam importantes na possível guerra entre Rússia e OTAN?
    Tags:
    envenenamento, relações, OTAN, Jens Stoltenberg, Sergei Skripal, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik