19:46 15 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Prédio do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, em Moscou.

    Rússia desafia Reino Unido com 14 perguntas sobre caso Skripal

    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Rússia
    URL curta
    23362

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia divulgou neste sábado (31) uma lista de 14 perguntas feitas pela embaixada russa no Reino Unido às autoridades britânicas sobre o caso Skripal.

    O ex-oficial de inteligência russo Sergei Skripal, que também trabalhava para a inteligência britânica, e sua filha Yulia estão hospitalizados desde 4 de março devido à exposição ao que os especialistas britânicos dizem ser o agente nervoso A-234, que teria sido criado na União Soviética. 

    No questionário, o lado russo exigiu explicações, entre outras questões, sobre o fato de Moscou não ter acesso consular aos Skripals e sobre o fato de a França estar envolvida na investigação do incidente.

    A primeira-ministra britânica, Theresa May, acusou a Rússia de orquestrar o ataque ocorrido em 4 de março e expulsou 23 diplomatas russos do país em forma de retaliação. Em solidariedade, 16 países da União Europeia, EUA, Canadá, Austrália, Albânia, Moldávia, Macedônia, Ucrânia e Noruega anunciaram a expulsão de diplomatas russos. No total, serão expulsos 150 diplomatas.

    Veja abaixo as 14 questões enviadas:

    1. Por que foi negado à Rússia o direito de acesso consular aos dois cidadãos russos que sofreram o ataque em território britânico?

    2. Quais eram os antídotos, especificamente, e de que forma eles foram administrados nas vítimas? Como esses antídotos chegaram à posse dos médicos britânicos na cena do incidente?

    3. Por que a França foi envolvida na cooperação técnica para a investigação do incidente em que os cidadãos russos foram feridos?

    4. O Reino Unido notificou a OPAQ (Organização para a Proibição de Armas Químicas) sobre o envolvimento da França na investigação do incidente de Salisbury?

    5. O que a França tem a ver com o incidente envolvendo dois cidadãos russos no Reino Unido?

    6. Quais regras da legislação do Reino Unido permitem o envolvimento de um estado estrangeiro em uma investigação interna?

    7. Quais provas foram entregues à França para serem estudadas e para condução da investigação?

    8. Os especialistas franceses estiveram presentes durante a coleta de amostras de biomateriais de Sergei e Yulia Skripal?

    9. O estudo dos biomateriais de Sergei e Yulia Skripal foi conduzido pelos especialistas franceses? Caso sim, em quais laboratórios especificamente?

    10. O Reino Unido possui os materiais envolvidos na investigação realizada pela França?

    11. Os resultados da investigação francesa foram apresentados à Secretaria Técnica da OPAQ?

    12. Com base em que atributos a alegada “origem russa” da substância usada em Salisbury foi estabelecida?

    13. O Reino Unido tem amostras de controle do agente de guerra química, que os representantes britânicos chamam de “Novichok”?

    14. As amostras de um agente de guerra química do mesmo tipo que “Novichok” (de acordo com a terminologia britânica) ou seus análogos foram desenvolvidas no Reino Unido?

    Mais:

    Filha de Skripal já não está em estado grave e se recupera rapidamente de envenenamento
    Diplomacia russa enfatiza: Moscou não tem nenhuma ligação com envenenamento de Skripal
    Moscou qualifica 'evidências' de Londres sobre caso Skripal como falsificação global
    Opinião: Rússia erra no caso Skripal ao acreditar que lida com jogadores honestos
    Tags:
    tensão diplomática, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Yulia Skripal, Sergei Skripal, Theresa May, Moscou, Londres, Rússia, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik