10:02 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Polícia britânica na área interditada, onde o ex-espião Sergei Skripal foi encontrado com sintomas de envenenamento

    Rússia expulsa 7 diplomatas canadenses

    © REUTERS / Henry Nicholls
    Rússia
    URL curta
    3220

    O governo russo decidiu expulsar quatro diplomatas canadenses que atuavam no país. A medida dá continuidade a sequência de outros diplomatas expulsos pela Rússia.

    O Canadá expulsou sete diplomatas russos como parte das ações tomadas por outros países, incluindo o Reino Unido e os Estados Unidos. A expulsão de autoridades canadenses foi confirmada por Adam Austen, porta-voz da chancelaria canadense, Chrystia Freeland.

    Mais cedo, a Rússia também anunciou a expulsão de um diplomata finlandês, dois diplomatas italianos, treze ucranianos, quatro poloneses, dois holandeses, três lituanos, três tchecos, um letão, um sueco e um adido militar estoniano. Todos eles foram obrigados a deixar o país até 7 de abril.

    Moscou também anunciou o fechamento do consulado estadunidense na cidade de São Petersburgo.

    Mais:

    Filha de Skripal já não está em estado grave e se recupera rapidamente de envenenamento
    Diplomacia russa enfatiza: Moscou não tem nenhuma ligação com envenenamento de Skripal
    Moscou qualifica 'evidências' de Londres sobre caso Skripal como falsificação global
    Opinião: Rússia erra no caso Skripal ao acreditar que lida com jogadores honestos
    Tags:
    Canadá, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik