02:26 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Estrela de rubi de uma das torres da fortaleza do Kremlin. Ao fundo, Grande palácio do Kremlin (foto de arquivo)

    Rússia fecha consulado dos EUA em São Petersburgo

    © Sputnik / Aleksei Druzhinin/Anton Denisov/Serviço de imprensa do presidente russo
    Rússia
    URL curta
    Envenenamento de ex-espião russo (102)
    30422

    O ministro da Relações Exteriores da Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, informou nesta quinta-feira (29) que o consulado norte-americano em São Petersburgo foi fechado em represália à expulsão dos diplomatas russos dos EUA.

    De acordo com o chanceler, o número de diplomatas norte-americanos expulsos do país será igual à quantidade de diplomatas russos expulsos pelos EUA. Ele destacou, entretanto, que as medidas de respostas em relação ao Ocidente serão "espelhadas, mas não apenas".

    "Em relação a outros países também haverá uma resposta espelhada no que diz respeito ao número de pessoas que vão deixar as missões diplomáticas na Rússia", acrescentou Lavrov.  

    No começo desta semana, Washington decidiu expulsar 60 diplomatas russos pelo caso do ex-agente duplo russo Sergei Skripal, envenenado no Reino Unido, além de ordenar o fechamento do consulado russo em Seattle.

    No dia 4 de março, o ex-oficial de inteligência russo Skripal, que também trabalhava para a inteligência britânica, foi encontrado inconsciente junto com sua filha em um banco de um shopping na cidade de Salisbury.

    Especialistas britânicos acreditam que eles tenham sido atacados com o agente nervoso A-234 (também conhecido como "Novichok"). Os britânicos alegam que esta substância tóxica teria sido desenvolvida na União Soviética e colocam a culpa do ocorrido na Rússia. Moscou repetidamente rejeitou todas as acusações, qualificando-as infundadas.

    Tema:
    Envenenamento de ex-espião russo (102)

    Mais:

    Opinião: EUA estão dispostos a dialogar com Rússia só quando é do seu interesse
    'Estilo de propaganda nazista': Departamento de Estado dos EUA compara Rússia com monstro
    Rússia impediu confrontos com coalizão na Síria, diz secretário de Defesa dos EUA
    Manual em quadrinhos recém-publicado mostra derrota dos EUA em conflito com Rússia
    Fonte militar: Advertências da Rússia detiveram ataque dos EUA ao exército sírio
    Tags:
    envenenamento, espião, Sergei Skripal, Sergei Lavrov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik