02:25 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, durante o encontro com o Secretário-geral do Conselho da Europa, Jagland

    Rússia promete retaliar após expulsão de diplomatas: 'Vamos responder a essa imprudência'

    © Sputnik / Ilya Pitalev
    Rússia
    URL curta
    Envenenamento de ex-espião russo (102)
    13191

    O ministro russo de Relações Exteriores, Sergei Lavrov, garantiu que Moscou vai reagir prontamente à expulsão em massa de diplomatas russos, realizada por mais de 20 países, como resposta ao suposto envolvimento de Moscou no envenenamento de um ex-agente no Reino Unido.

    "Vamos responder a essa imprudência, não duvide", disse Lavrov.

    De acordo com o diplomata russo, a decisão pela expulsão de oficiais da Rússia de vários países europeus e americanos teria o dedo de Washington.

    "A chantagem continua sendo a única língua dos Estados Unidos na arena internacional", acrescentou Lavrov. O ministro acrescentou que a decisão de muitos países europeus de expulsar diplomatas russos "é o resultado de uma pressão colossal, de chantagem colossal".

    Na segunda-feira, Washington decidiu expulsar 60 diplomatas russos pelo caso do ex-agente duplo russo Sergei Skripal, envenenado no Reino Unido, além de ordenar o fechamento do consulado russo em Seattle.

    Outros 22 países, incluindo 16 Estados membros da União Europeia (UE), anunciaram medidas similares, embora em menor escala.

    Na opinião do analista internacional espanhol Pedro Mouriño, Londres usou o caso Skripal como uma "cortina de fumaça" para desviar a atenção do público das dificuldades nas negociações sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

    Tema:
    Envenenamento de ex-espião russo (102)

    Mais:

    Embaixador russo lamenta possível expulsão da Irlanda após caso Skripal
    Moldávia se junta ao boicote e declara 3 diplomatas russos como 'persona non grata'
    Moscou: EUA 'muito provavelmente' planejaram expulsar diplomatas russos de antemão
    Tags:
    retaliação, envenenamento, diplomacia, diplomatas, expulsão, União Europeia, Sergei Skripal, Sergei Lavrov, Reino Unido, Europa, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik