08:41 21 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Praça Vermelha em Moscou

    Austrália decide expulsar 2 diplomatas russos

    © AFP 2018 / KIRILL KUDRYAVTSEV
    Rússia
    URL curta
    Envenenamento de ex-espião russo (100)
    14412

    Austrália anunciou a decisão de expulsar dois diplomatas russos por conta da polêmica envolvendo o envenenamento do ex-espião Sergei Skripal e sua filha Yulia, no Reino Unido. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, e a ministra das Relações Exteriores, Julie Bishop, em comunicado conjunto.

    "Dois diplomatas russos, identificados como agentes de inteligência secretos, serão expulsos pelo governo australiano devido a ações que não correspondem a seu status, de acordo com a Convenção de Viena", diz o comunicado.

    A nota indica que o país tomou essa decisão "junto com Reino Unido e outros aliados e sócios".

    Tema:
    Envenenamento de ex-espião russo (100)

    Mais:

    Portugal não expulsará diplomatas russos em conexão com o caso Skripal
    Rússia diz que acusação de países ocidentais sobre Skripal é 'uma falácia'
    General sobre 'encontro secreto' do ex-agente Skripal: é mistificação do Reino Unido
    Caso Skripal: diplomatas russos são mandados embora de vários países
    Mídia: 20 países planejam expulsar diplomatas russos devido a caso Skripal
    Tags:
    espião, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik