23:37 19 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Rússia e China durante a reunião de Vladimir Putin e Xi Jinping

    Putin parabeniza Xi Jinping pela reeleição e destaca parceria estratégica sino-russa

    © AFP 2018 / How Hwee Young
    Rússia
    URL curta
    9210

    China é uma parceira estratégica da Rússia, Moscou aprecia esta parceria e vai reforçá-la, assegurou Vladimir Putin durante briefing com jornalistas na sua sede eleitoral, na madrugada de 19 de março, ao descobrir que mantém uma liderança sólida nas presidenciais russas.

    "A China é o nosso parceiro estratégico. O nível de relações entre a Rússia e a China está em nível alto sem precedentes. Apreciamos isso muitíssimo. Parabenizamos o presidente Xi Jinping pela sua reeleição ao novo mandato de presidente da China e expressamos a certeza de que, sob sua liderança, nós, a Rússia, vamos certamente fazer todo o possível para reforçar a cooperação sino-russa", disse Putin aos jornalistas ao responder a uma pergunta sobre as perspectivas das relações bilaterais com a China.

    "O presidente Xi Jinping coloca perante si e perante seu país as grandes tarefas no campo de desenvolvimento da China. Desejamos boa sorte às autoridades chinesas e ao povo chinês no que se trata da resolução destas tarefas", adiantou o líder russo.

    De acordo com Putin, a China está realizando toda uma série de projetos, tais como, por exemplo, a Rota da Seda no âmbito de quais os países podem construir parceria.

    "Não vou falar agora sobre as direções concretas da nossa parceria, mas acreditamos que isso é bem compatível com nossos projetos de construção da União Econômica Eurasiática, da construção da Parceria Eurasiática no sentido largo da palavra. Nisso, nossos interesses se coincidem. Temos muito trabalho conjunto concreto", sublinhou.

    No sábado (17) mais cedo, os deputados do Congresso Nacional do Povo reelegeram unanimemente Xi Jinping à Presidência da China para mais um mandato de 5 anos.

    Mais:

    Reeleição de Putin beneficiará a América Latina, diz político chileno
    Putin está 'extremamente preocupado' com a posição do Reino Unido no caso Skripal
    Putin desvenda como acalmou multidão na Alemanha em 1989
    Tags:
    Rota da Seda, Xi Jinping, Vladimir Putin, Rússia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik