03:58 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Sarah Huckabee Sanders, secretária de Imprensa da Casa Branca, durante coletiva de imprensa em Washington

    'Seremos duros até mudarem o comportamento', diz Washington sobre Moscou

    © AP Photo / Andrew Harnik
    Rússia
    URL curta
    35526

    A administração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, continuará a exercer pressão sobre a Rússia.

    É o que afirmou a secretária de imprensa de Trump, Sarah Sanders, em um coletiva de imprensa realizada na Casa Branca nesta quinta-feira (15).

    Segundo a declaração de Sarah, o comportamento da Rússia não tem agradado os Estados Unidos e Moscou deve demonstrar uma mudança em sua forma de agir. Essa seria a única forma fazer com que os Estados Unidos diminuam a pressão sobre os russos. 

    "Eles terão que decidir se querem ou não ser um bom ator internacional. Penso que você pode perceber pelas ações que foram tomadas até este ponto, vamos ser duros com a Rússia até que eles decidam mudar seu comportamento", disse Sanders a jornalistas.

    Trump e o conselheiro de segurança nacional dos EUA, H. R. McMaster, estão trabalhando juntos para pressionar a Rússia a "fazer o que é certo", acrescentou Sanders.

    Os Estados Unidos tem utilizado de sanções econômicas contra a Rússia e fomentado um discurso de enfrentamento por parte de suas autoridades políticas e militares. A imprensa norte-americana também tem se encarregado de endossar o discurso, diante de suspeitas de suposta interferência russa nas últimas eleições presidenciais no país.

    Mais:

    Rússia: EUA devem parar de contribuir para escalada da violência na Síria
    EUA acusam Rússia na ONU por ataque a ex-espião
    EUA querem criar forças espaciais seguindo exemplo da Rússia, diz analista
    Novo 'campo de batalha' geopolítico: o que Rússia e EUA buscam na África?
    Tags:
    sanções econômicas, Donald Trump, Sarah Huckabee Sanders, Rússia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik