08:22 19 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    O Kremlin

    Kremlin: Moscou responderá às ações ilegais de Londres contra mídia russa

    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Rússia
    URL curta
    Envenenamento de ex-espião russo (102)
    13132

    Nesta terça-feira (12), o Escritório de Comunicações do Reino Unido (Ofcom) enviou uma carta ao canal de televisão russo RT em que afirmou que irá reavaliar a licença do canal se se determinar que a Rússia esteve envolvida no envenenamento do ex-espião russo Sergei Skripal.

    De acordo com o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, "qualquer ação ilegal contra qualquer meio de comunicação da Federação da Rússia no Reino Unido levará a uma resposta segundo o princípio da reciprocidade". Esta declaração foi feita esta quarta-feira (14), acrescentando que se trata de ações que correspondem aos interesses da Rússia.

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, declarou nesta terça-feira (13) que nenhuma mídia britânica poderá operar no território da Rússia se o Reino Unido fechar o canal de TV russo RT.

    O Escritório de Comunicações do Reino Unido afirmou que irá realizar uma regulação independente e uma avaliação e decidirá se o RT pode operar no Reino Unido.

    Em 12 de março, a primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou que é "altamente provável" que Moscou tenha sido responsável pelo envenenamento do ex-espião russo Sergei Skripal, ou tenha permitido que o agente tóxico caísse nas mãos de quem foi o responsável.

    O RT, assim como a agência Sputnik, tem sido alvo de forte pressão na Europa e nos Estados Unidos por sua cobertura crítica de assuntos globais e locais. Nos EUA, o canal foi obrigado a se registrar como “agente estrangeiro”, no final do ano passado, por determinação do Departamento de Estado. O mesmo ocorreu depois com parceiros da Sputnik no país.

    Tema:
    Envenenamento de ex-espião russo (102)

    Mais:

    Teriam morrido? Kremlin não descarta possibilidade de haver civis russos na Síria
    Jornal britânico afirma que Kremlin mata russos nas vésperas de presidenciais
    Disparos nos arredores do Kremlin ferem duas pessoas em Moscou
    Tags:
    mídia, Kremlin, Maria Zakharova, Theresa May, Dmitry Peskov, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik