06:05 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Cantora Yulia Samoilova, representante da Rússia no festival Eurovisão 2017 (arquivo)

    Após ser barrada na Ucrânia, cantora representará a Rússia no Eurovisão em Portugal

    © Sputnik / Alexey Filippov
    Rússia
    URL curta
    212
    Nos siga no

    A cantora Yulia Samoilova representará a Rússia no festival Eurovisão de 2018, que será realizado pela primeira vez em Lisboa, de 8 a 12 de maio. Ela era a escolha oficial do país para o concurso do ano passado realizado em Kiev, Ucrânia, mas foi barrada pelas autoridades locais por já ter se apresentado na Crimeia.

    "Yulia Samoilova, na segunda tentativa, tentará conquistar o concurso de canções do Eurovisão", anunciou o apresentador no programa "Vremya" no canal Russia One.

    Samoilova deveria ter sido a escolha da Rússia em 2017, na capital ucraniana de Kiev, mas as autoridades ucranianas proibiram a cantora de entrar no país após descobrirem que ela se apresentou na Crimeia.

    A Ucrânia considera a região como território ocupado e proíbe viagens para lá. As punições vão de multa até banimento (temporário ou eterno), sendo este o caso da cantora russa que interpretaria a música "Flame is Burning" em Kiev.

    A União Europeia de Radiodifusão (UER) ofereceu à Rússia a possibilidade de transmitir a performance de Samoilova através de um satélite. Excepcionalmente, também foi oferecida a possibilidade de substituir a escolha, mas a iniciativa foi rejeitada pela Rússia. Como resultado, o país boicotou o concurso de músicas, conquistado pelo cantor português Salvador Sobral.

    Entenda o concurso

    O Festival Eurovisão da Canção (no original Eurovision Song Contest) é realizado todos os anos desde 1956. Cada uma das nações participantes escolhe um cantor e uma música para se fazer representar no concurso, que é sempre sediado no país vencedor do ano anterior e é televisionado para toda a Europa. O evento foi acompanhado no ano passado por cerca de 200 milhões de pessoas e é considerado o maior espetáculo televisivo depois das Olimpíadas e da Copa do Mundo.

    A Rússia venceu na edição de 2008 com Dima Bilan cantando "Believe", além de terminar em segundo em quatro ocasiões (2000, 2006, 2012 e 2015). Neste ano, o país tenta a segunda vitória com a canção "I Won't Break".

    Tags:
    Eurovisão, Eurovision Song Contest, Russia One, União Europeia de Radiodifusão, Dima Bilan, Salvador Sobral, Yulia Samoilova, Lisboa, Crimeia, Portugal, Europa, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar