14:34 26 Maio 2018
Ouvir Rádio
    The new Venezuelan cryptocurrency Petro logo is seen during its launching in Caracas, Venezuela February 20, 2018

    Plataforma russa ajudou Venezuela a lançar a criptomoeda Petro

    © REUTERS / Marco Bello
    Rússia
    URL curta
    As criptomoedas de Nicolás Maduro (19)
    9161

    Startup russa foi responsável por criar o ecossistema de transações do Petro, a criptomoeda lançada por Nicolás Maduro com lastro em barril de petróleo.

    A plataforma russa Zeus ajudou a Venezuela a configurar a criptografia do Petro, de acordo com o presidente da empresa "Osnova", Aleksandr Ruchyev.

    "Uma das nossas empresas em fase de arranque, a Zeus, ajudou [a Venezuela] a emitir uma criptomoeda nacional. O lançamento da moeda criptográfica significa a criação de uma bolsa de valores, um ecossistema. Ela ajudou a criar este ecossistema", disse Ruchyev a jornalistas.

    A plataforma de troca on-line, Zeus, possibilita a compra e venda de ações das maiores empresas do mundo para moeda criptográfica. A Zeus está conectado às trocas dos EUA sob contrato com uma corretora. O projeto foi selecionado na plataforma Smart Valley e recebeu um acordo de investimento para desenvolvimento da empresa "Osnova".

    Petro em alta procura

    O presidente venezuelano Nicolás Maduro disse que o interesse dos investidores estrangeiros em transações com a Petro já ultrapassou US$ 1 bilhão. Colômbia, Brasil, Japão, China e Espanha são alguns dos países nos quais já há registros de intenção de compra. Isso fez da Venezuela o primeiro país com uma criptografia lastreada por reservas de petróleo.

    O governo pretende atrair investidores estrangeiros de países como Polônia, Dinamarca e Noruega, além de contornar as sanções dos EUA e da UE, de acordo com o ministro do Comércio Exterior e Investimento Internacional da Venezuela, José Vielma Mora.

    Tema:
    As criptomoedas de Nicolás Maduro (19)
    Tags:
    Zeus, Petro, petróleo, Ministério do Comércio Exterior e Investimento Internacional da Venezuela, Smart Valley, Osnova, Aleksandr Ruchyev, José Vielma Mora, Nicolás Maduro, Venezuela, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik