23:07 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    8152
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa russo recomendou que os Estados Unidos cessem seus voos de vigilância perto das fronteiras russas ou que sentem à mesa para negociar sobre as normas de sua realização.

    As manobras do caça russo Su-27, realizadas perto do avião de reconhecimento estadunidense EP-3 Aries, foram "absolutamente seguras e legítimas", afirmou o ministério russo.

    O Ministério da Defesa russo indicou também que, caso a intercepção represente para os pilotos norte-americanos "motivo de frustração e fobia", seria melhor que no futuro "as rotas de tais voos perto das fronteiras russas fossem excluídas", ou os dois lados combinassem as regras de sua realização.

    As declarações foram feitas à luz das acusações por parte do Pentágono de uma intercepção "insegura" realizada em 29 de janeiro, por um caça russo Su-27 perto do avião de reconhecimento estadunidense EP-3 Aries sobre as águas do mar Negro, perto da península russa de Crimeia.

    Anteriormente, a Marinha dos EUA publicou vários vídeos do momento de intercepção do avião de vigilância norte-americano pelo caça russo. As gravações mostram manobras do S-27, realizadas perto do EP-3.

    Ao responder às acusações dos EUA sobre "intercepção insegura", a Rússia enfatizou que o avião russo acompanhou a aeronave de reconhecimento estadunidense em conformidade com todas as normas de segurança, impedindo violação do seu espaço aéreo.

    Mais:

    Confira VÍDEO da intercepção do avião de espionagem dos EUA pelo caça russo
    Aviões russos patrulham espaço aéreo do Pacífico Sul (VÍDEO)
    Tags:
    intercepção, caça, Su-27, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar