16:16 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Zona costeira do golfo da Finlândia em São Petersburgo

    Misteriosas bolas de gelo cobrem costa russa e pasmam internautas em todo o mundo (FOTO)

    © Sputnik / Aleksei Danichev
    Rússia
    URL curta
    240

    Em 10 de dezembro, internautas começaram a publicar fotos da zona costeira do golfo da Finlândia coberta por bolinhas de neve e gelo.

    O diâmetro de cada uma delas é em volta de 10 centímetros. Os usuários sugeriram que tal fenômeno natural poderia ter sido provocado pela combinação de fatores climáticos e tecnológicos, tais como vazamentos de óleo ou produtos petrolíferos.

    Ademais, o evento não passou despercebido por edições ocidentais tais como Daily Mail e Mirror. Os seus leitores foram bem ativos nos comentários, tentando explicar a natureza do ocorrido.

    "Não há nenhum mistério aqui. Este fenômeno é provocado pela combinação de ondas, frio e vento. Às vezes, isto também acontece nos Grandes Lagos [da América do Norte]", explica T.t, internauta dos EUA.

    "Isso é absolutamente natural. Isto acontece no Lago Superior [nos EUA e Canadá], mas as pessoas obsessas com ecologia culparão as empresas petrolíferas por tudo", afirma o usuário TheACDCguy.

    "E é pertinho desse lago que se situa um oleoduto", retrucou o canadense Barbieworld2000.

    Outros usuários aproveitaram a oportunidade para gracejar.

    "Provavelmente, é assim que se reproduzem bonecos de neve", escreve Undercover Plover, da Austrália.

    "A Rússia tá se preparando para a Guerra Fria?", ironiza VILLAIN, do Reino Unido.

    "Estas são as consequências das manobras russas que se evoluíram no jogo de bolas de neve", comenta o britânico GoFundYerself.

    Mais:

    'Barulho da Terra' do fundo oceânico intriga cientistas
    Córrego de cor azul intensa em Cambridge preocupa moradores locais (VÍDEO)
    NASA confirma informação sobre bola de fogo que impressionou habitantes da Flórida (VÍDEO)
    Tags:
    internautas, gelo, neve, Internet, Golfo da Finlândia, São Petersburgo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar