23:23 22 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Vista panorâmica do mar que se tem de um dos apartamentos do hotel Palmira Palace, em Yalta

    Como ponte da Crimeia abrirá novos caminhos para a linda península russa (FOTOS, VÍDEO)

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Rússia
    URL curta
    Ekaterina Nenakhova
    5252

    O potencial turístico da Crimeia, antigo destino predileto para todos os residentes soviéticos durante as férias, é cada vez maior. A Sputnik Brasil viajou para o local para conhecer os melhores complexos de lazer regionais e falar com as autoridades locais sobre as perspectivas das suas atividades após a construção da ponte longamente esperada.

    Dois mares fascinantes, o mar Negro e o de Azov, praias encantadoras, uma fauna rica, inúmeros recursos naturais e o ar de uma pureza incrível: tudo isso está à disposição dos visitantes da península. Ademais, o leque de lugares de lazer propostos não é nada monótono: aqui se pode encontrar de tudo, desde estâncias de lama medicinal até… povoados viking.

    Novas perspectivas

    É preciso assinalar que na década de 90, logo após o colapso da União Soviética, a península, bem como muitas outras partes do país dividido, sofreu um período bem complicado de crise e falta de investimentos. Já na década de 2000, a situação política melhorou, porém, não houve grandes transformações no setor turístico da região.

    Cisnes no cais Gorky, na cidade de Eupatória
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Cisnes no cais Gorky, na cidade de Eupatória

    Com a reunificação da Crimeia com a Rússia, em 2014, a península voltou a viver um "boom" nesta esfera.

    "Na Crimeia ainda há muito para ser feito. Reparem que em todo o lugar onde a gente vai tem obras de construção. Consertam-se as estradas, constroem-se novos locais, revisa-se todo o sistema de energia e água, há muitos processos em andamento. Claro que estes processos custam muito. […] Os espaços públicos, parques, jardins botânicos — tudo isso tem de ser restaurado, para tudo isso é preciso dinheiro, devemos criar condições de trabalho para as pessoas, constroem-se novas escolas, jardins de infância. Na Crimeia há uma reconstrução total, uma reformatação", revelou Sergei Strelbitsky, conselheiro do líder da Crimeia e ex-ministro do Turismo da região, durante uma entrevista coletiva em um dos hotéis de Alushta.

    Coletiva de imprensa no hotel Porto Mare, em 24 de novembro de 2017, da qual participaram Mikhail Bychenkov, diretor do hotel Porto Mare, Tatiana Golubova, diretora do Instituto de Sanatórios Infantis, Fisioterapia e Reabilitação Médica, e Sergei Strelbitsky, conselheiro do líder da Crimeia e ex-ministro do Turismo da região
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Coletiva de imprensa no hotel Porto Mare, em 24 de novembro de 2017, da qual participaram Mikhail Bychenkov, diretor do hotel Porto Mare, Tatiana Golubova, diretora do Instituto de Sanatórios Infantis, Fisioterapia e Reabilitação Médica, e Sergei Strelbitsky, conselheiro do líder da Crimeia e ex-ministro do Turismo da região

    Neste contexto, é extremamente importante destacar o papel das novas infraestruturas criadas na península.

    "Toda a logística estava relacionada com o istmo [de Ak-Monai, que liga a parte principal da Crimeia com a península de Kerch]. Hoje em dia tudo mudou: a logística e, consequentemente, todos os vetores energéticos. Hoje em dia, estamos em processo de uma reconstrução séria. Espero que consigamos terminá-la até […] à temporada de 2019, quando já houver a ponte", adiantou o ex-ministro.

    Território à entrada do hotel Porto Mare, em Alushta
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Território à entrada do hotel Porto Mare, em Alushta

    Evidentemente, uma nova "artéria", que ligará a parte continental da Rússia com a península, é algo que aumenta a expectativa das autoridades em relação ao futuro turístico da Crimeia.

    "Claro que há previsões. Mas só podemos contar com os índices registrados na época soviética, pois não há outros. Na URSS, a Crimeia acolhia por volta de 80 milhões de turistas anualmente. Eram infraestruturas que funcionavam, de fato, durante todo o ano. Esperamos que também tenhamos essa meta e que a alcancemos", contou Strelbitsky.

    No que se trata das previsões concretas, elas também parecem ser mais que otimistas.

    "Quanto às estatísticas, há as oficiais, elas estão em livre acesso, nos sites, e lá podem tirar as suas conclusões. Há também as previsões não oficiais, ou seja, das agências não autorizadas. Já aqui se pode falar de uma tendência de aumento. […] Claro que os nossos prognósticos se baseiam em novas oportunidades de transporte, e contamos com seu crescimento", revelou a diretora do Instituto de Sanatórios Infantis, Fisioterapia e Reabilitação Médica, Tatiana Golubova, que também participou da coletiva.

    Lugares para todos os gostos

    Uma das vantagens marcantes da região do ponto de vista turístico é sua variedade. De fato, a Crimeia possui na verdade uma gama enorme de lugares de lazer, onde qualquer um poderia encontrar uma opção adequada para seu orçamento e suas necessidades.

    • Uma mesquita no centro da cidade de Eupatória, na Crimeia
      Uma mesquita no centro da cidade de Eupatória, na Crimeia
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Amanhecer visto de uma das varandas do sanatório Ai-Petri, na cidade de Yalta
      Amanhecer visto de uma das varandas do sanatório Ai-Petri, na cidade de Yalta
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Vista da varanda grande do hotel Palmira Palace, na cidade de Yalta
      Vista da varanda grande do hotel Palmira Palace, na cidade de Yalta
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Piscina com equipamentos infantis no hotel Palmira Palace, em Yalta
      Piscina com equipamentos infantis no hotel Palmira Palace, em Yalta
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Edifício principal do hotel Porto Mare, em Alushta
      Edifício principal do hotel Porto Mare, em Alushta
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Uma das miniaturas de curiosidades locais no parque Crimeia em Miniatura, na cidade de Alushta
      Uma das miniaturas de curiosidades locais no parque Crimeia em Miniatura, na cidade de Alushta
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    1 / 6
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Uma mesquita no centro da cidade de Eupatória, na Crimeia

    Há sanatórios e estâncias termais, hospitais de tratamento para crianças e militares, hotéis luxuosos e hotéis-parques com territórios verdes e vastos, tudo isso multiplicado pela beleza natural da península e suas inúmeras curiosidades.

    © Sputnik . Ekaterina Nenakhova
    Oceanário na Crimeia

    Assim, o Sanatório Militar Pirogov, pertencente ao Ministério da Defesa da Rússia, se ocupa da reabilitação dos soldados russos que regressam à Pátria após terem participado dos combates antiterroristas no território sírio, mas que também acolhe milhares de visitantes com um vasto leque de problemas de saúde.

    Já as estâncias da cidade de Saki se focam mais na balneoterapia e serviços de spa, dado que a lama terapêutica dessa região é capaz de tratar mais de cem tipos de doenças, inclusive a infertilidade feminina e masculina.

    Para aqueles que querem simplesmente se relaxar do estilo de vida louco das megalópoles, há hotéis que oferecem apartamentos com vistas deslumbrantes para o mar, dezenas de serviços de massagem, cosmetologia e spa, uma diversidade inédita de pratos internacionais e conforto de alto patamar mesmo.

    Banheiro com vista deslumbrante para o mar em um dos apartamentos do hotel Palmira Palace, em Yalta
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Banheiro com vista deslumbrante para o mar em um dos apartamentos do hotel Palmira Palace, em Yalta

    Algumas ofertas oferecidas pelos lugares de lazer locais surpreendem realmente e provocam um desejo imediato de prová-las: assim, o hotel Porto Mare, na cidade de Alushta, decidiu propor a seus visitantes para que durmam ao ar livre perto do mar, equipados com todo o necessário, desde o chá quente crimeano até ao saco de dormir.

    "Fizemos disso um cartão de visita do hotel. […] Ademais, graças aos nossos visitantes, conhecemos o maior especialista em reabilitação dos pilotos militares russos. Revelou-se que, quanto estes efetuam certas operações de alta importância, por exemplo, transportam ogivas nucleares, ficam muito estressados após cada voo. E ele contou que a melhor maneira de lidar com estresse não é apenas o sono perto do mar, mas no próprio mar. Estes pilotos são deslocados para pontões especiais e dormem lá por uma semana para que o organismo se reabilite", contou Mikhail Bychenkov, diretor do hotel, afirmando que sempre tenta encontrar uma abordagem individual para cada cliente.

    Mais:

    Arqueólogos russos encontram na Crimeia mansão dos tempos romanos
    Arqueólogos encontram uma ponte do século XVIII na Crimeia (FOTOS)
    Drones e aviões militares dos EUA vigiam construção da ponte da Crimeia
    Homem encontra por acaso antigo túmulo grego em praia da Crimeia (FOTO)
    'Sufocados de inveja': por que Kiev tenta impedir construção da ponte da Crimeia
    Tags:
    hotel, sanatório, turismo, Ponte da Crimeia, URSS, Yalta, Crimeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar