16:46 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento do foguete portador Soyuz-2.1b. (foto de arquivo)

    Rússia lança 2º foguete da nova base espacial Vostochny (VÍDEO)

    © Sputnik . Mikhail Voskresensky
    Rússia
    URL curta
    9226

    A corporação aeroespacial russa Roscosmos efetuou o segundo lançamento a partir da sua nova base, Vostochny, situada no leste da Rússia.

    O foguete Soyuz-2.1b decolou da rampa de lançamento às 8h41 na hora de Moscou (3h41 no horário de Brasília).

    "O primeiro estágio do foguete se separou às 8h43 e o segundo – três minutos depois", confirmou a Roscosmos no seu twitter.

    #MeteoroM: 08:43:44 → o primeiro estágio se separou

    #MeteoroM: 08:46:33 → o segundo estágio se separou

    O foguete leva a bordo dois satélites russos – o meteorológico Meteor-M 2-1 e o microssatélite Baumanets-2, desenhado pelos alunos da Universidade Técnica de Bauman de Moscou –, bem como 17 micro e minissatélites estrangeiros, entre eles o SEAM da União Europeia, o Lemur e o Landmapper-BC dos EUA, o LEO Vantage 2 canadense, o AISSat-3 norueguês e o D-StarOne alemão.

    Contudo, não há confirmação sobre a separação do satélite Meteoro-M do bloco acelerador Fregat do foguete Soyuz-2.1b, o que pode indicar uma situação anormal. O satélite não alcançou a órbita destinada, comunicou a Roscosmos.

    Uma fonte disse à Sputnik que o problema pode ter surgido entre a separação do terceiro estágio e a primeira ligação. Neste caso, o satélite poderia ter caído no oceano na região da Antártida.

    A base espacial Vostochny (Oriental, em russo) se situa na região de Amur, no leste da Rússia.

    O primeiro lançamento a partir desse cosmódromo, de um foguete Soyuz 2.1 com três satélites, se realizou em 28 de abril de 2016.

    Mais:

    Índia testa com sucesso lançamento aéreo de míssil supersônico BrahMos
    Rússia está desenvolvendo satélite-interceptor militar com capacidades únicas
    Comandos russos receberão drones que podem ser disparados de 'lança-foguetes' (FOTO)
    Tags:
    satélite, foguete, lançamento, Soyuz, União Europeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik