19:02 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Pessoas trabalhando em notebooks em frente ao símbolo do Google em Hanover, Alemanha (foto de arquivo)

    Rússia promete defender interesses nacionais em meio a planos do Google contra sua mídia

    © AP Photo/ Jens Meyer
    Rússia
    URL curta
    Métodos de gestão de notícias do Google preocupa Rússia (5)
    13162

    A autoridade reguladora dos meios de comunicação da Rússia, Roskomnadzor, solicitará que o Google esclareça seus planos de censurar as matérias do RT e Sputnik em seu serviço de busca de notícias, comunicou o diretor da instituição russa, Aleksandr Zharov.

    "Estamos preocupados com o Google, vamos pedir para que nos expliquem o que significa o termo 'ranking'", disse ele.

    Além do mais, prometeu que a Rússia vai defender seus interesses nacionais em meio aos planos do Google.

    Ele notou que o Google tenta apenas prevenir a disseminação do conteúdo dos canais, ao contrário de bani-los. Segundo Schmidt, ele "não é a favor da censura, mas, sim, do ranking".

    Zharov disse a jornalistas: "Primeiramente, vamos ver o que eles vão fazer. Classificar notícias – queríamos saber o que significa. Em segundo lugar, é óbvio que vamos defender a nossa mídia. Veremos quão discriminatória será esta medida na prática."

    "Nossa preocupação será expressa ainda hoje ao Google", adicionou ele.

    Anteriormente, o ex-chefe do Google e atual diretor-executivo da empresa Alphabet, Eric Schmidt, da qual Google Inc. faz parte, comunicou a intenção de elaborar algoritmos para rebaixar matérias do RT e Sputnik no sistema de buscas do Google.

    Tema:
    Métodos de gestão de notícias do Google preocupa Rússia (5)

    Mais:

    Executivo do Google alerta: China dominará inteligência artificial até 2030
    Analista: EUA estão preparando terreno para receber presidente mais furioso contra Rússia
    Decisão do Twitter em proibir anúncios do RT e Sputnik 'é política', diz analista
    Tags:
    censura, busca, mídia, Sputnik, Google, RT, Eric Schmidt
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik