00:12 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    11227
    Nos siga no

    Os exercícios militares planejados por Estados Unidos e Japão nas proximidades da Coreia do Norte provocarão uma resposta nuclear de Pyongyang, disse o chefe do Comitê de Defesa e Segurança do Conselho da Federação Russa, senador Viktor Bondarev.

    "Os exercícios planejados pelos EUA e Japão, naturalmente, levarão a uma maior tensão na Península da Coreia", afirmou Bondarev, segundo o serviço de imprensa.

    No entanto, ele opinou que "o julgamento deve superar agressões e ambições" e pediu que ambos os países "parem de provocar uma resposta nuclear da Coreia do Norte".

    "Não é a primeira vez que os EUA e o Japão realizaram exercícios conjuntos, o último grande evento ocorreu em outubro passado", lembrou.

    Bondarev também observou que esses países "muitas vezes atraem na qualidade de sócios os seus parceiros estratégicos 'testados' [Coreia do Sul] e países neutros como, por exemplo, a Índia".

    O senador russo sublinhou ainda que uma guerra nuclear não tem vencedores e apenas perdedores.

    "E os japoneses […] lembrando-se dos bombardeios de Hiroshima e Nagasaki devem defender a diminuição da tensão e não o aumento dela", disse Bondarev.

    Os EUA e o Japão planejam realizar exercícios militares no Oceano Pacífico entre os dias 11 e 14 de novembro.

    Mais:

    EUA deveriam ajudar Coreia do Norte a 'curar doença': o socialismo inspirado em Stalin
    Moscou comenta apelo de Trump à Rússia para cortar laços econômicos com Coreia do Norte
    Vice-chanceler: Rússia nunca apoiou embargo total contra Coreia do Norte; há uma opção
    Tags:
    ataque nuclear, guerra nuclear, exercícios militares, conflito, Viktor Bondarev, Estados Unidos, Oceano Pacífico, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Índia, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar