00:29 01 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    351
    Nos siga no

    É impossível modificar o acordo nuclear com o Irã, declarou o vice-ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov.

    "Consideramos que são impossíveis as alterações, mudanças ou correções de alguns para o acordo, uma vez que se trata de um equilíbrio delicado e bem ponderado de interesses e compromissos", disse Ryabkov aos jornalistas.

    O diplomata apela para "respeitar plenamente o que foi alcançado" e sublinhou que são os EUA que estão provocando o Irã, iniciando uma espiral de sanções. 

    Em 13 de outubro, o presidente dos EUA, Donald Trump, recusou-se a confirmar ao Congresso que o Irã cumpre o acordo nuclear, conhecido como o Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), apelando para que os legisladores analisem as "falhas significativas" do acordo e prometendo introduzir novas sanções contra Teerã, inclusive devido o "apoio ao terrorismo".

    "Estou convencido que durante a visita de hoje (1) do presidente da Rússia a Teerã, serão alcançados novos acordos importantes dos quais saberemos no futuro próximo", destacou ele.

    Ryabkov também espera que durante a visita, sejam discutidas as últimas ações de Washington em relação ao Irã.

    "A discussão se centrará nas questões internacionais, tendo em consideração as ações da administração norte-americana que tenta aumentar a pressão de sanções contra a Rússia e o Irã", acrescentou ele.

    Em 1 de novembro, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, viaja para Teerã em uma visita de trabalho para participar da reunião tripartida com seus homólogos, o presidente do Azerbaijão Ilham Aliyev, e o líder iraniano Hassan Rouhani.

    Espera-se que o presidente russo aproveite sua visita para examinar a cooperação econômica e politica com o Irã e Azerbaijão.

    Mais:

    França pede que Estados Unidos não rompa acordo nuclear com o Irã
    Rússia: Irã tem direito de sair do acordo nuclear se EUA reestabelecerem sanções
    Parlamentar russo: Irã interpretará o cancelamento do acordo nuclear como provocação
    Tags:
    acordo nuclear, JCPOA, Sergei Ryabkov, Vladimir Putin, Irã, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar