18:23 24 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    3192
    Nos siga no

    Pilotos da Rússia e da Índia fizeram vôos militares conjuntos a bordo de caças Su-30 na área externa de Vladivostok, no Extremo Oriente russo. As manobras fazem parte dos exercícios militares anuais Indra 2017, em que participam as tropas terrestres, aéreas e navais de ambos os países.

    De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, foi a primeira vez na história da Força Aérea deste país que a tripulação de seu avião de combate é composta por um piloto nacional e um piloto estrangeiro, como co-piloto.

    "Durante os exercícios, a tripulação mista manobrava helicópteros Su-30, Antonov An-26 e Mi-8", disse o ministério.

    As tropas realizaram reconhecimento aéreo, desembarcando grupos de assalto tático e lançando mísseis em direção a posições inimigas simuladas.

    Deve-se notar que a Índia vem usando aviões de combate russos e soviéticos há décadas. A principal linha de combate de sua Força Aérea tem cerca de 260 unidades Su-30 e aeronaves MiG-29.

    O Su-30 é uma aeronave de motores duplos, super manobrável e com características aéreas melhoradas. O avião destaca-se pela sua propulsão de impulso vetorial: ele pertence à geração 4+ e foi projetado para missões de superioridade aérea.

    Mais:

    Rússia e Índia reúnem Forças Armadas para exercícios pela primeira vez
    EUA consideram vender drones armados, mas Índia precisa mesmo deles?
    Ambições navais: Índia aumentará presença militar nos mares
    Tags:
    caça, Mi-8, Antonov An-26, mig-29, su-30, exercícios conjuntos, Ministério da Defesa Russo, Índia, Vladivostok, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar