15:53 18 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    7915
    Nos siga no

    Drones e aviões de reconhecimento norte-americanos sobrevoam repetitivamente as fronteias do sul da Rússia, informou a mídia russa, citando o tenente- general, Viktor Sevostyanov.

    De acordo com o militar, as maquinas são usadas para monitorar as mudanças das forças do Distrito Militar do Sul, bem como a construção da ponte da Crimeia.

    O general afirmou que os drones estratégicos dos EUA Global Hawk e os aviões de reconhecimento RS-135 e P-8A Poseidon regressam à zona regularmente.

    "É óbvio que sua tarefa principal é identificar rapidamente as mudanças no agrupamento de tropas e as forças do Distrito Militar do Sul. Não descarto que a inteligência estrangeira também tem interesse no ritmo da construção da ponte da Crimeia", disse Sevostyanov.

    As principais rotas de seus voos passam ao longo do litoral do mar Negro, desde a parte ocidental da península da Crimeia até a cidade russa de Sochi. 

    A ponte através do estreito de Kerch, ligará a península da Crimeia à parte continental da Rússia (região de Krasnodar), será a mais extensa da Rússia, medindo 19 quilômetros de comprimento. A inauguração da ponte está planejada para dezembro de 2018.

    Mais:

    'Negócio perdido': Crimeia reage à demanda da Ucrânia quanto à ponte que a ligará à Rússia
    Poroshenko quer processar Rússia por causa da ponte da Crimeia
    Primeiro navio da Marinha russa passa por debaixo da ponte da Crimeia
    Tags:
    drones, aviões, vigilância, Crimeia, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar