11:46 18 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Misil balístico intercontinental Tópol-M (foto de arquivo)

    Força Estratégica de Mísseis russa passará a utilizar tecnologias digitais até 2020

    © Sputnik/ Grigory Sisoev
    Rússia
    URL curta
    31323180

    Nesta sexta-feira (20), o Departamento de Informações e Comunicação de Massas do Ministério da Defesa russo informou que até 2020 a Força Estratégica de Mísseis da Rússia passará a utilizar completamente tecnologias digitais de transmissão de informações.

    "A dinâmica de fornecimento à nossa Força Estratégica de Mísseis de novos modelos de equipamentos de comunicação vai fazer com que até 2020 possamos passar a utilizar completamente tecnologias digitais modernas de transmissão de informações. Nos últimos quatro anos, no serviço da Força Estratégica de Mísseis foram adotados novos sistemas digitais de transmissão de informações nas zonas de posicionamento das divisões de mísseis, está sendo renovado o conjunto de estações de ligação por satélite, estações de rádio de ondas curtas e ultracurtas, sistemas de manutenção técnica e reparação dos meios de comunicação", se lê no comunicado.

    Além disso, a Força Estratégica de Mísseis da Rússia está sendo apetrechada com equipamento de telecomunicações digital: estações de retransmissão digitais, estações telefônicas automáticas e redes de área locais do segmento fechado de transmissão de dados do Ministério da Defesa da Rússia.

    "No quadro dos contratos públicos, os postos de comando da Força Estratégica de Mísseis da Rússia foram apetrechados com equipamento de telecomunicações digitais […], bem como foram renovados o centro de comunicações da Força Estratégica de Mísseis da Rússia e centros de treinamento […]", assinala o ministério.

    Mais:

    Primeiro navio hidrofólio de nova geração estreia na Rússia e pasma passageiros
    Qual é o objetivo das manobras militares conjuntas da Rússia e Índia?
    Putin e Erdogan destacam avanço nas relações entre Rússia e Turquia
    Tags:
    digital, tecnologias, defesa, renovação, Força Estratégica de Mísseis, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik