03:38 24 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Testes para futuras pilotas militares russas

    Futuras pilotas militares russas explicam como se preparam para dirigir um caça

    © Sputnik/ Nikolái Khizhnyak
    Rússia
    URL curta
    52138220

    As jovens que se preparam para os testes de admissão à Academia de Aviação de Krasnodar (Rússia), compartilharam com a Sputnik o que as inspirou a querer se tornarem pilotas militares e o que elas planejam fazer com seu treinamento.

    Este ano, pela primeira vez na história moderna da Rússia, as mulheres que sonharam se tornar pilotas militares de elite da Força Aeroespacial da Rússia já poderão ingressar na Academia da Aviação.

    Daria Zhuravel, de 18 anos, sonha com aviões militares e para ela ingressar em uma universidade militar é uma decisão muito importante, tomada há muito tempo.

    "Sempre me senti inspirada pelas façanhas das Bruxas da Noite [apelido dado pelos alemães às mulheres aviadoras russas durante a Segunda Guerra Mundial], sobre as quais ouvia contar nas aulas de história. Além do mais, o heroísmo de meu avô, que serviu na Força Aérea, só aumentou a minha vontade", confessa Zhuravel.

    Agora ela é uma das 118 candidatas que vieram a Krasnodar para participarem da competição pela oportunidade de estudar aí. Contudo, apenas 15 delas poderão realizar seu sonho, já que o número de vagas é limitado.

    Elena Shmidt, outra candidata, encara como uma aventura a possibilidade de dirigir um dos potentes aviões.

    "Por um lado, é muito prestigioso, interessante e requere muita responsabilidade. Não gosto de trabalho aborrecido. As dificuldades me atraem, porque é necessário pensar e tomar decisões responsáveis", afirma Shmidt.

    Por sua vez, outra participante, Anzhelika Dil, admite que queria virar pilota desde a infância. "Sinto que tenho um dever perante a minha Pátria, quero fazer algo de útil pelo meu país, poder defendê-lo caso seja necessário", diz.

    A pioneira do espaço russa e membro do corpo de admissão, Valentina Tereshkova, desejou "todo o êxito" às participantes, frisando que o fato de as meninas terem escolhido esse caminho e estarem dispostas a passar em todos os testes só pode causar inveja no bom sentido.

    Com base em seus resultados académicos e qualidades profissionais, as jovens serão eleitas para se treinarem na qualidade de pilotas da aviação operacional e tática (de caças ou de bombardeiros táticos e aviões de assalto ao solo) ou dirigir aviões de transporte militar. Além disso, algumas cadetes vão aprender a dirigir aviões de longo alcance e aviões com misses navais e antissubmarino.

    A quantidade de jovens que se matricularam superou todas as expectativas: para cada vaga se apresentaram em média 10 candidatas.

    Mais:

    Coragem sem precedentes: mulheres curdas pegam em armas para combater Daesh (FOTOS)
    Autoridades russas chamam de inúteis as instruções dos EUA para combater à Rússia
    Tags:
    aviação, provas, testes, Força Aeroespacial da Rússia, Krasnodar, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik