17:39 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Energia eólica, um dos tipos de energia renovável

    Governador da Califórnia: EUA e Rússia podem cooperar no campo de energia renovável

    © Sputnik / Elena Visens
    Rússia
    URL curta
    210
    Nos siga no

    O governador da Califórnia, Jerry Brown, às margens da reunião do Clube de Discussão Internacional Valdai, realizada durante o Fórum Econômico do Oriente, falou com a Sputnik sobre a cooperação energética entre os EUA, Rússia e China.

    Brown destacou já estar cooperando com a China para introduzir energia limpa no estado da Califórnia. Mais do que isso, o político norte-americano ressaltou que no futuro planeja realizar projetos conjuntos com a Rússia para promover o uso de energia renovável.

    "Creio que podemos cooperar com a Rússia assim como estamos cooperando com a China. Podemos trabalhar com diferentes regiões para introduzir fontes renováveis de energia, ou seja, livres de hidrocarbonetos, para pesquisas e desenvolvimentos científicos, na produção de baterias e outras fontes de energia. A Rússia pode contribuir com a ideia, usando seu potencial. Sei que o futuro não será baseado em uma economia de hidrocarbonetos, por isso precisamos pesquisar, precisamos de tecnologias e de grandes invenções. Eu sei que a China, Califórnia e Rússia podem trabalhar juntos para fazer isso", disse ele.

    Mais do que isso, de acordo com Brown, as sanções antirrussas não impedem que os EUA e a Rússia cooperem na esfera de energia renovável.

    "As sanções não afetam a cooperação no âmbito das alterações climáticas e até mesmo no comércio e investimentos em diferentes domínios. Acho que temos como contornar a situação se avançarmos no caminho de missões benevolentes", sublinhou o político.

    Mais:

    Coreia do Norte promete mais 'presentes' aos EUA
    EUA: governador da Flórida decreta estado de emergência antes da chegada do furacão Irma
    Tags:
    sanções, energia renovável, Jerry Brown, Califórnia, China, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar