22:35 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante a reunião alargada dos líderes do BRICS

    Presidente da Rússia acusa as autoridades dos EUA de falta de cultura política

    © Sputnik / Grigory Sysoyev
    Rússia
    URL curta
    IX Cúpula do BRICS (22)
    15240

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, comentou o fechamento recente de várias instituições diplomáticas russas nos EUA e as investigações correspondentes.

    Vladimir Putin acusou as autoridades norte-americanas de falta de cultura política quanto à situação das representações diplomáticas russas localizadas nos EUA. Ao mesmo tempo, o presidente indicou que Moscou tem o direito, em resposta, de diminuir a missão diplomática norte-americana para 155 funcionários, mas ainda não o fez.

    O líder russo adicionou que Moscou planeja iniciar um processo judicial devido à privação do direito de administrar as suas propriedades.

    Entretanto, Putin declarou que "a nação norte-americana, o povo norte-americano, a América, é um grande país, uma grande nação… de pessoas com um nível tão baixo de cultura política".

    Vladimir Putin admitiu que Washington tem o direito de reduzir o número de representações diplomáticas, mas destacou que isso foi realizado de modo grosseiro, adicionando que “é difícil dialogar com pessoas que confundem a Áustria com a Austrália. Não há nada para fazer com isso. Parece que esse é o nível de cultura política de uma parte da elite norte-americana".

    Em 31 de agosto, os EUA exigiram o encerramento das atividades do consulado da Rússia em São Francisco, bem como a entrega dos prédios da missão diplomática russa em Washington e em Nova York até o dia 2 de setembro.

    No sábado, a parte norte-americana realizou buscas nos prédios das missões diplomáticas. O porta-voz presidencial Dmitry Peskov declarou que buscas em prédios de propriedade diplomática violam o direito internacional e levam à deterioração das relações bilaterais.

    Em dezembro de 2016, o então presidente dos EUA, Barack Obama, decidiu expulsar 35 diplomatas russos e bloquear o acesso a duas representações diplomáticas russas em resposta à alegada interferência de Moscou nas eleições presidenciais nos EUA.

    Mais cedo, Moscou anunciou a decisão de reduzir para 455 o número de funcionários das representações diplomáticas norte-americanas na Rússia — o mesmo número da missão diplomática da Rússia nos EUA.  Em seguida, devido à redução dos seus funcionários no país, a embaixada dos EUA na Rússia suspendeu a emissão de vistos não migratórios.

    Tema:
    IX Cúpula do BRICS (22)
    Tags:
    propriedade diplomática, consulados, acusações, fechamento, diplomatas, presidente, direito internacional, Embaixada da Rússia nos EUA, Barack Obama, Vladimir Putin, Washington, DC, São Francisco, Moscou, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik