17:13 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Consulado Geral russo em São Francisco

    Moscou: ações dos EUA em relação à Rússia são 'vandalismo governamental'

    © REUTERS / Stephen Lam
    Rússia
    URL curta
    15140

    Os acontecimentos nos EUA quanto às instalações diplomáticas da Rússia trata-se de vandalismo governamental e a Rússia reagirá às ações norte-americanas, declarou o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov.

    "As ações nocivas de busca nas instalações do Consulado Geral em São Francisco, da Representação Comercial em Washington e de seu ramal em Nova York foram vergonhosas. A parte norte-americana está tentando passar por bondosa em um jogo ruim através da manipulação de suas palavras, e não pelo conteúdo de sua política, afirmando que não passam de inspeções. Mas isso não corresponde à verdade, pois são buscas", frisou o vice-ministro russo a jornalistas.

    Representantes das forças especiais e dos órgãos de segurança dos EUA ainda se encontram no prédio do Consulado Geral da Rússia em São Francisco.

    "Nunca tínhamos enfrentado antes [uma busca] tão longa e provocadora das normas fundamentais do direito internacional. Nos anos anteriores, um deles foi qualificado como financiador estatal do terrorismo. Eu sou a favor de qualificar os acontecimentos recentes como vandalismo governamental", acrescentou.

    "É preciso chegar a um entendimento preciso, por isso não vamos nos apressar para dar uma resposta. Em geral, é complicado encontrar reação devida quando se trata de vândalos. Mas encontraremos a reação cabível", declarou o vice-ministro.

    Enquanto isso, Ryabkov destacou haver uma questão internacional, onde os EUA poderiam afetar de forma positiva na resolução da mesma. Segundo ele, a resolução da crise norte-coreana depende muito das ações dos Estados Unidos.

    "Todos os participantes das discussões deste problema conseguem influenciar a Coreia do Norte. Em minha opinião, é possível influenciar a Coreia do Norte através de propostas realistas de diálogo. Onde muito depende dos nossos parceiros norte-americanos, que, infelizmente, até agora seguem falando no idioma das sanções, algumas vezes no de ameaças, ao invés de tentarem resolver a situação através de ferramentas diplomáticas", disse Ryabkov a jornalistas.

    No dia 3 de setembro, Pyongyang declarou ter realizado um teste bem-sucedido de uma bomba de hidrogênio, projetada para mísseis balísticos intercontinentais. Para o Ministério da Defesa do Japão, a potência da carga testada pela Coreia do Norte atingiu 70 quilotons de TNT, ou seja, muito mais poderosa do que a bomba atômica que devastou as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki.

    Mais:

    Casa Branca confirma que ordem para fechar consulado russo partiu de Trump
    Rússia expressa 'desapontamento' com decisão dos EUA em fechar consulado
    EUA fecham consulado da Rússia
    Tags:
    consulado, testes, fechamento, embaixada, Sergei Ryabkov, Coreia do Norte, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar