16:48 27 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    12185
    Nos siga no

    Moscou não tem informação sobre preparação de ataque a Israel, declarou o ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov.

    Anteriormente havia sido comunicado que o primeiro-ministro de Israel Netanyahu acusou o Irã da construção de instalações para a produção de mísseis de alta precisão na Síria e no Líbano a fim de utilizá-los contra o país.

    "Não dispomos de informação de que alguém esteja preparando um ataque contra Israel", acrescentou Sergei Lavrov aos jornalistas.

    O ministro acrescentou que "se alguém no Oriente Médio ou em outra região do mundo está planejando violar o direito internacional através da violação da soberania, da unidade territorial de qualquer país, incluindo todos os países do Oriente Médio e da África do Norte, isso é por nós condenado".

    A situação da crise em torno do Qatar

    O ministro russo apontou que a Rússia ainda não fez quaisquer novas propostas sobre a resolução da crise no Golfo Pérsico.

    Entretanto Sergei Lavrov acrescentou que o secretário de Estado norte-americano Rex Tillerson "ofereceu a sua ajuda de intermediação".

    "Vamos saudar [essa ajuda] se as suas propostas alcançarem resultado e os esforços forem bem-sucedidos. Nós próprios não apresentamos quaisquer ideias diferentes das propostas do Kuwait e dos EUA e não achamos isso necessário, porque já há um número suficiente de propostas, com base nas quais pode ser iniciado o diálogo", acrescentou o ministro russo.

    Sobre a participação russa na campanha eleitoral alemã  

    O serviço de inteligência alemão não apresentou nenhum fato de intervenção russa na campanha eleitoral na Alemanha, declarou o chefe da diplomacia russa.

    Anteriormente, a inteligência alemã afirmou recear as tentativas dos serviços secretos russos de influenciar as eleições parlamentares, que vão ter lugar em 24 de setembro.

    Mais:

    Árabes diminuem demandas e topam negociar com Qatar 'sob certas condições'
    Crise do Golfo: EUA insistem que países árabes retirem bloqueio sobre Qatar
    Tags:
    opinião, declaração, política, Ministério das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, Qatar, Síria, Israel, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar