12:27 23 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Ataques da Força Aeroespacial da Rússia contra as posições do Daesh perto da cidade de Deir ez-Zor (foto de arquivo)

    Graças às ações da Rússia na Síria foi libertado um território de 78 mil km quadrados

    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    Rússia
    URL curta
    6160

    Graças às ações dos militares russos na Síria foi libertado um território de 78 mil quilômetros quadrados, afirma o Estado-Maior General da Rússia.

    Nesta sexta-feira (25), o chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, Sergei Rudskoy, comunicou que, graças às ações dos militares russos na Síria, foi libertada uma área de 78 mil quilômetros quadrados, incluindo os territórios da província de Latakia e as cidade de Aleppo e Palmira.

    "Na sequência das operações realizadas pelas Forças Armadas da Rússia, o território controlado pelas tropas governamentais quadruplicou, de 19 mil quilômetros quadrados [em setembro de 2015] para 78 mil", afirmou Rudskoy.

    Atualmente os esforços principais das tropas governamentais e do grupo das Forças Armadas da Rússia estão focados na derrota do último baluarte do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia) na região de  Deir ez-Zor.

    Enquanto isso, o coronel-general Igor Korobov, chefe da Direção Principal do Estado-Maior General das Forças Armadas da Rússia, frisou que o número de militantes do Daesh na Síria, que atualmente estão concentrados principalmente da área central do país, supera os 9 mil.

    Ele acrescentou também que na Síria estão atuando mais de 15 mil terroristas da organização Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia).

    Mais:

    Qatar não planeja enviar suas tropas à Síria
    Netanyahu: ações do Irã na Síria ameaçam todo o mundo
    Irã e Turquia estão se unindo para enfrentar os EUA na Síria
    Tags:
    terroristas, tropas, Daesh, Sergei Rudskoi, Deir ez-Zor, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar