07:56 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Porta-aviões Admiral Kuznetsov, da Marinha russa

    Rússia modernizará seu poderoso navio Admiral Kuznetsov

    © Foto: The Northern Fleet
    Rússia
    URL curta
    391449120

    O único porta-aviões da Rússia, o Admiral Kuznetsov, será sujeito a trabalhos de reparação em 2018, devendo estes prolongar-se por dois anos e meio ou três anos.

    "O Admiral Kuznetsov entrará em reparações em 2018 e o processo levará dois anos e meio ou três; não está previsto que o navio se desloque à Síria antes da modernização", informou à Sputnik o vice-comandante da Marinha da Rússia Viktor Bursuk no fórum técnico-militar EXÉRCITO 2017.

    Desde 8 de novembro de 2016 e até fevereiro de 2017, o grupo aeronaval russo composto pelo Admiral Kuznetsov, pelo cruzador Pyotr Veliky, pelos destróieres antissubmarino Vitse-Admiral Kulakov e Severomorsk, por navios de apoio e mais de 40 aviões e helicópteros, cumpriu missões militares de combate ao terrorismo na Síria.

    Durante os dois meses da operação, os pilotos da aviação embarcada efetuaram 420 voos, que permitiram a eliminação de 1.200 alvos terroristas.

    O cruzador porta-aviões pesado Admiral Kuznetsov, fabricado em 1991, é atualmente o único porta-aviões da Marinha da Rússia. Depois de sua atualização, ele poderá servir a frota durante mais 20 anos.

    Mais:

    Novo porta-aviões britânico 'não tem qualquer possibilidade' contra Admiral Kuznetsov
    Os helicópteros que velam pela calma do Admiral Kuznetsov (VÍDEO)
    Por que 2 caças do porta-aviões Admiral Kuznetsov caíram no mar?
    Por que OTAN 'gastou à vontade' para escoltar Admiral Kuznetsov?
    Mais de 50 navios da OTAN escoltaram porta-aviões russo Admiral Kuznetsov
    Tags:
    destróieres, reparação, modernização, porta-aviões, navio, Severomorsk, Vitse-Admiral Kulakov, Pyotr Veliky, Admiral Kuznetsov, EXÉRCITO 2017, Marinha da Rússia, Viktor Bursuk, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik