20:24 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Participante das festividades de Ivan Kupala na região russa de Kaluga (foto de arquivo)

    'Quando o czar chegar, EUA se desmoronarão': fim do mundo e destino da Rússia em profecias

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Rússia
    URL curta
    14155
    Nos siga no

    Segundo as profecias alegadamente anunciadas por Matrona Nikonova, uma das mais famosas santas russas, o fim do mundo terá lugar já neste sábado. O presente artigo é dedicado às profecias atribuídas aos santos mais admirados entre os cristãos ortodoxos e como a igreja ortodoxa trata realmente esse assunto.

    'Todo mundo vai morrer'?

    A frase popularizada é assim: "Todo mundo vai morrer sem guerra. Haverá muitas vítimas. Todos os mortos ficarão deitados por terra. Pela noite, todos vão estar deitados por terra, mas pela manhã vão ressuscitar. E tudo vai desaparecer." Na verdade, na sequência dessas palavras não tem como entender porque o próximo Armageddon foi agendado precisamente para 19 de agosto de 2017. Alguns usuários das redes sociais afirmam que a santa Matrona nunca tinha dito isso.

    "Eu notei que mensagens desse tipo têm aparecido regularmente durante os últimos 15-20 anos, geralmente em agosto. Deve ser por causa da falta de outros assuntos informativos", afirma o professor da Academia Teológica de Moscou, arcipreste Maksim Kozlov.

    Contudo, as profecias de santos são muito populares. A internet está cheia de filmes, artigos e citações com títulos peculiares, por exemplo, "O que os santos ortodoxos profetizaram à Rússia?", ou "O que os anciãos dizem sobre Moscou: por que é preciso fugir da capital". Até em várias igrejas e mosteiros ortodoxos se encontram folhetos dedicados a citações "proféticas".

    A maioria dessas "citações" é atribuída aqueles que viveram nos séculos XIX-XX, supostamente para serem mais credíveis.

    Reverendo Nikolai Optinski sobre a Terceira Guerra Mundial:

    "Um dia vão lutar e começará uma guerra mundial. E no auge dela vão dizer: vamos escolher um líder para todo o universo. E vão escolher o Anticristo como líder mundial e o maior 'pacificador' da terra. É preciso escutar atentamente, é preciso ter cuidado! Logo que estiverem escolhendo um único líder mundial, saibam que será ele mesmo e não se pode votar!"

    Ancião Stefan de Atos sobre o destino dos EUA:

    "Brevemente os EUA se vão desmoronar. Vão desaparecer de uma maneira assustadora, completa. Os americanos vão fugir, tentando se salvar na Rússia ou na Sérvia."

    Uma cristã ortodoxa russa colocando velas
    © Sputnik / Vitaly Ankov
    Uma cristã ortodoxa russa colocando velas
    Mártir reverendo Issaki de Optina sobre o fim do mundo:

    "Pouco antes da chegada do Anticristo, mesmo os templos encerrados serão reparados, não apenas por fora, mas também por dentro. Vão dourar as cúpulas de igrejas e campanários. Quando terminarem de reconstruir o principal, chegará o Anticristo."

    Reverendo Anatoly de Optina sobre a China:

    "O fim começara na China. Vai acontecer uma explosão estranha, e aparecerá um milagre de Deus. A vida na Terra será diferente, mas não por muito tempo. A cruz de Cristo brilhará sobre todo o mundo, porque a nossa Pátria será glorificada e será como um farol na escuridão para todos."

    Reverendo Paísios Atonita sobre a União Europeia:

    "A Europa se dividirá em dois campos — o Ocidental e o Oriental, mas não haverá um colapso da União Europeia. O campo oriental incluirá a Polônia, República Tcheca, Eslováquia, Bielorrússia, Lituânia, Letônia, Estônia, Moldávia, Ucrânia, Hungria e Romênia."

    Bispo Theofan sobre o futuro da Rússia:

    "Na Rússia será restaurada a monarquia, o poder absolutista. Deus escolheu o futuro czar. Será uma pessoa com uma forte fé, uma inteligência genial e uma vontade de ferro. Primeiro, ele vai pôr ordem na Igreja Ortodoxa, eliminando todos os arciprestes mentirosos e heréticos. E muitos, quase todos, vão ser destituídos, e outros, de fé verdadeira, virão para o lugar deles… Irá acontecer aquilo que ninguém espera. A Rússia vai ressuscitar e todo o mundo vai ficar surpreendido."

    Ancião Vladislav de Atos (Shumov):

    "Na Rússia os comunistas ainda vão chegar ao poder."

    Uma noviça com velas em uma igreja na cidade russa de Rostov-no-Don
    © Sputnik / Aleksandr Pogotov
    Uma noviça com velas em uma igreja na cidade russa de Rostov-no-Don
    'Parece algo de clandestino'

    "Eu diria que a circulação de tais textos tem lugar principalmente entre pessoas que não conhecem a Bíblia e a tradição de sua interpretação pela Igreja. Nesse sentido, para todos nós vivermos mais tranquilamente, nessa área a educação religiosa é importante, incluindo através de coisas como as bases da cultura ortodoxa", afirma o professor da Academia Teológica de Moscou, arcipreste Maksim Kozlov.

    O professor ressaltou também que a posição ortodoxa sobre essas "profecias" é bem conhecida:

    "Ela é baseada nas palavras de Cristo que 'ninguém sabe a hora e o dia da segunda chegada [de Cristo] além de Nosso Senhor'. Existem alguns sinais de aproximação do fim do mundo, eles foram descritos no Evangelho e em outros livros sagrados. Mas não tem como identificar os prazos e datas, principalmente com precisão do dia da semana", explica Maksim Kozlov.

    "Atualmente, com a disponibilidade da Internet, qualquer informação exaltada se expande de uma maneira muito rápida. Se recorrermos a edições respeitáveis, não encontraremos textos desse tipo. É algo de clandestino que não tem nenhum valor no meio eclesiástico", frisa o sacerdote.

    Mais:

    'Pastor ninja' cria igreja fake
    Daesh destrói e queima igreja católica nas Filipinas (VÍDEO)
    Papa vai defender Igreja Ortodoxa Ucraniana das leis opressivas do governo
    Tags:
    fim do mundo, cristão, previsão, Igreja Ortodoxa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar