11:06 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O logotipo da Copa Confederações de 2017 é disposto no gramado antes da partida de futebol entre a Rússia e a Nova Zelândia no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo.

    Rússia cria organismo para combater racismo e discriminação no futebol e distribui multas

    © AFP 2019 / FRANCOIS XAVIER MARIT
    Rússia
    URL curta
    230
    Nos siga no

    Às vésperas da Copa do Mundo de 2018, a Rússia criou um órgão para combater casos de racismo e outras formas de discriminação e já começou a distribuir multas.

    "O principal objetivo do novo sistema de monitoramento antidiscriminação é contribuir para a criação de uma atmosfera justa e amigável nas arquibancadas durante os jogos do campeonato russo", disse o inspetor de racismo da Federação Russa de Futebol, Alexei Smertin.

    Smertin é ex-jogador de futebol profissional e já atuou em clubes como Chelsea e Bordeaux. Ele esclareceu que o objetivo do órgão é prevenir casos de discriminação durante o campeonato mundial de seleções em 2018 e, também, depois da competição.

    O órgão foi desenvolvido em parceria com a FIFA e já aplicou multas de cerca de US$ 4,5 mil ao Spartak Moscou e ao Dínamo Moscou pelo comportamento racista de sua torcida. O FC Avangard, da segunda divisão local, também foi multado em cerca de US$ 850 por cânticos nazistas vindos de suas arquibancadas.

    Os clubes foram avisados que se os acontecimentos se repetirem, as multas serão maiores.

    Mais:

    Países árabes pedem que FIFA transfira Copa do Mundo de 2022 do Qatar
    7 a 1: Brasil chega como favorito à Copa do Mundo de 2018?
    Federação Mexicana elogia Copa das Confederações e diz que Rússia está pronta para 2018
    Embargo árabe ameaça a Copa do Mundo de 2022 no Qatar
    Mídia internacional muda de opinião e elogia Rússia pela Copa das Confederações 2017
    Copa das Confederações na Rússia tem o terceiro maior público da história da competição
    Capitão da seleção alemã agradece à Rússia pela Copa das Confederações 2017
    Campeã do mundo e bicampeão sul-americano decidem a Copa das Confederações na Rússia
    Tags:
    FIFA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar