09:11 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    O Kremlin

    Kremlin sobre interferência russa nos EUA: 'uma novela que já durou demais'

    © Sputnik/ Vladimir Pesnya
    Rússia
    URL curta
    466051

    Kremlin não está implicado de forma alguma no suposto encontro do filho de Donald Trump com advogada russa e classificou a notícia como mais um episódio de "uma novela que já durou demais". A declaração foi feita pelo porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov.

    Ao ser perguntado por jornalistas se o suposto encontro poderia alimentar as suspeitas sobre a interferência da Rússia nas eleições nos EUA, Peskov respondeu: "não há nada para ser alimentado".

    Segundo ele, a notícia sobre o filho de Trump "surgiu, de forma autoexplicativa, logo após a realização da reunião bilateral" dos presidentes russo e norte-americano em Hamburgo.

    "Em linhas gerais, isso parece sem dúvida uma novela que já durou demais, capaz de concorrer com as séries de maior sucesso em exibição nos EUA. Não adianta, porém, tentar nós envolver nessa novela: nós não participamos e não desempenhamos papeis nessas séries", alertou Peskov.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, já classificou a notícia do encontro do seu filho de maior "caça às bruxas". 

    Já a imprensa norte-americana divulgou que o procurador especial dos EUA, Robert Mueller investigará as informações sobre a reunião de Donald Trump Jr., de 39 anos, com a advogada russa, Natalia Veselnitskaya, que teria sido realizada 2016.

    Mais:

    Congresso dos EUA quer impedir colaboração entre Trump e Putin
    Especialista: reunião de Putin com Trump foi mais produtiva, do que a cúpula do G20
    Trump falou com Putin 'de forma dura' sobre intervenção russa nas eleições
    Tags:
    interferência, relações bilaterais, eleições, Natalia Veselnitskaya, Donald Trump Jr, Dmitry Peskov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik