18:35 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Prédio da Embaixada dos EUA em Moscou

    Rússia planeja congelar ativos norte-americanos e expulsar dezenas de diplomatas dos EUA

    © Sputnik / Yevgenia Novozhenina
    Rússia
    URL curta
    55522
    Nos siga no

    A Rússia pode decidir expulsar cerca de 30 diplomatas dos EUA e congelar ativos dos EUA como retaliação pelas instalações diplomáticas russas fechadas nos Estados Unidos ano ano passado, informou a mídia local nesta segunda.

    Dois complexos diplomáticos russos foram fechados no final de 2016 como parte das sanções introduzidas pela administração de Barack Obama após acusações do ex-presidente de interferência nas eleições dos EUA.

    "Existe um acordo preliminar sobre a realização de uma reunião entre o vice-primeiro-ministro russo, Sergei Ryabkov, e o subsecretário de Estado dos Estados Unidos, Thomas Shannon, em São Petersburgo. Se um compromisso não for assumido, teremos que tomar tais medidas", disse uma fonte no Ministério das Relações Exteriores da Rússia ao jornal Izvestia.

    No ano passado, o jornal informou que a Rússia estava considerando congelar o acesso à casa da Embaixada dos EUA no noroeste de Moscou, bem como um armazém também localizado na capital russa.

    A questão da propriedade diplomática russa nos Estados Unidos foi levantada durante a reunião da semana passada entre o presidente russo Vladimir Putin e seu homólogo americano, Donald Trump. Na próxima semana, o problema será discutido por Ryabkov e Shannon.

    Mais:

    EUA aprovam projeto de lei que limita deslocações de diplomatas russos
    Obama chama a Rússia de país fraco que só vende petróleo, gás e armas
    Tags:
    Izvestia, Embaixada dos EUA, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Vladimir Putin, Thomas Shannon, Sergei Ryabkov, Donald Trump, Barack Obama, São Petersburgo, Estados Unidos, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar