09:45 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Míssil norte-coreano Hwasong-14

    Lavrov: 'Rússia conhece o tipo de míssil lançado pela Coreia do Norte'

    © REUTERS / KCNA
    Rússia
    URL curta
    74383

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o secretário-geral da Liga Árabe, Ahmed Aboul Gheit, realizaram uma coletiva de imprensa conjunta na quarta-feira (4). O ministro russo comentou as relações diplomáticas entre o Qatar e os países árabes, bem como o último lançamento de míssil da Coreia do Norte.

    Oriente Médio 

    Segundo Lavrov, a Liga Árabe tem um papel cada vez mais importante na resolução dos conflitos no Oriente Médio e no Norte da África. O ministro acrescentou que a Rússia está interessada no fortalecimento deste papel, nas atividades da Liga verdadeiramente inclusivas, ou seja, todos os países árabes sem exceção devem participar das devidas atividades. 

    "Estamos despostos a apoiar qualquer esforço para normalizar as relações entre os países do Golfo", declarou Sergei Lavrov.

    "Se todos os países envolvidos considerem que podemos fazer algo mais para ajudar a superar as contradições e dissipar as preocupações, nós estamos prontos para responder a esta chamada", disse ele.

    Coreia do Norte 

    Ao responder a uma pergunta sobre o tipo de míssil lançado pela Coreia do Norte na terça-feira, o ministro confirmou a informação do Ministério da Defesa russo.

    A Coreia do Norte declarou oficialmente que o teste de míssil balístico intercontinental, realizado na terça-feira (4), foi bem-sucedido. O míssil Hwasong-14 voou 933 km e atingiu 2.802 km de altitude durante 39 minutos antes de "alcançar com precisão águas do alvo" no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste).

    Enquanto os EUA acreditam no lançamento bem-sucedido de mísseis intercontinentais pela Coreia do Norte, o Ministério da Defesa russo comunicou que os dados paramétricos do voo do míssil balístico correspondem a caraterísticas de um míssil de médio alcance.

    Lavrov frisou que o objetivo do Conselho de Segurança da ONU de desnuclearização da península da Coreia não devia ser usado como pretexto para mudar o regime na Coreia do Norte.

    Na terça-feira (4), o ministro das Relações Exteriores da Rússia e o seu homólogo chinês, Wang Yi, emitiram uma declaração conjunta sobre a questão nuclear da Coreia do Norte. A China e a Rússia apresentarão a sua proposta para diminuir a tensão na região ao Conselho de Segurança, que se reúne hoje (5) em Nova York.

    Mais:

    Rússia: aumento das tensões com a Coreia do Norte pode provocar uma situação catastrófica
    Submarino russo lança míssil balístico intercontinental, diz ministério
    Tags:
    icbm, míssil balístico, Hwasong-14, Conselho de Segurança da ONU, Liga Árabe, Sergei Lavrov, Federação Russa, Coreia do Norte, Península Coreana
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik