03:36 21 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Vista do Krémlin de Moscou, centro da cidade (foto de arquivo)

    Rússia prolonga medidas de resposta às sanções ocidentais até fim de 2018

    © Sputnik / Yury Artamonov
    Rússia
    URL curta
    5130

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou o decreto que prolonga as medidas de resposta às sanções do Ocidente até 31 de dezembro de 2018, diz-se no documento no portal oficial de informação jurídica da Rússia.

    O presidente solicitou ao governo para concretizar o decreto, bem como fazer as alterações necessárias quanto ao prazo das sanções.

    O decreto entrou em vigor a partir do dia de assinatura.

    Na quarta-feira (28), o Conselho da UE decidiu prolongar as restrições econômicas contra a Rússia, que expiram no fim deste julho. Desta forma, o Conselho aprovou a decisão política, tomada pelos líderes dos países-membros da UE, na cúpula de 22 de junho.

    Os países ocidentais introduziram sanções contra a Rússia em março de 2014 devido à situação na Ucrânia, sendo repetidamente ampliadas e prolongadas.

    Moscou, em resposta, limitou a importação de alimentos dos países que aderiram às sanções antirrussas.

    Mais:

    Conselho Europeu: UE e EUA não possuem mesma postura sobre Rússia
    Rússia torna-se novo celeiro do mundo para desgosto dos EUA e da UE
    Tags:
    sanções, Conselho da UE, União Europeia, Vladimir Putin, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar