06:17 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Um complexo S-300 está a mostra no fórum militar internacional EXÉRCITO 2016 perto de Moscou, em 6 de setembro de 2016

    Que surpresa! Rússia está disposta a exportar armas aos países da OTAN

    © Sputnik / Ekaterina Kozlova
    Rússia
    URL curta
    27182
    Nos siga no

    A exportadora estatal de armamentos Rosoboronexport (parte da corporação Rostec) está pronto para fornecer armas e material militar aos países da OTAN se houver uma decisão correspondente do presidente da Rússia, Vladimir Putin.

    Essa informação foi divulgada aos jornalistas durante o salão aeronáutico Paris Air Show 2017 pelo diretor-geral da empresa Aleksandr Mikheev.

    "No entanto, atualmente isso é impedido pela concorrência desleal por parte dos países ocidentais [europeus], que se expressa nas sanções introduzidas contra a Rússia e a Rosoboronexport", afirmou.

    Segundo o chefe da empresa russa, sob sanções, a indústria militar da Rússia ganhou boas oportunidades para substituir a importação de componentes estrangeiros e começar produzindo suas próprias peças, bem como para modernizar sua base tecnológica. Consequentemente, isso permitiu elevar o nível tecnológico do armamento russo.

    No entanto, Aleksandr Mikheev forneceu um bom exemplo da cooperação técnica e militar com países da OTAN — a Grécia utiliza sistemas de defesa antiaérea russos S-300.

    Ao mesmo tempo, o diretor-geral da Rosoboronexport sublinhou que as negociações sobre o fornecimento de sistemas de defesa antiaérea de longo alcance a outro membro da OTAN, a Turquia, não estão sob qualquer risco, pois as relações entre os dois países se baseiam em confiança mútua.

    No entanto, o chefe da empresa declarou que, no futuro próximo, o exportador estatal de armamentos russo não planeja exportar os modelos mais novos de armamento russo, incluindo o tanque Armata, o sistema de defesa antiaérea S-500 e o caça de quinta geração T-50.

    Mais:

    Rússia instala estações de radares únicos para garantir segurança total
    Rússia exportou mais de 800 helicópteros Mi-17 em 10 anos
    Instalação ativa de Tropas de Mísseis Estratégicos russas é resposta à OTAN
    Fim da neutralidade? Suécia vai aderir a forças especiais afiliadas à OTAN
    Tags:
    entregas, produção, importação, armamentos, Armata, S-500, T-50, S-300, Rostec, OTAN, Rosoboronexport, Alexander Mikheev, Vladimir Putin, Turquia, Grécia, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar