09:10 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O assessor sênior da Casa Branca, Jared Kushner, se senta ao lado do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e do secretário de Comércio, Wilbur Ross, quando se preparam para se reunir com o rei saudita Abdullah bin Abdul Aziz Al-Saud e a delegação saudita.

    Mídia americana acusa genro de Trump de criar 'canal secreto' de comunicação com a Rússia

    © REUTERS . Jonathan Ernst
    Rússia
    URL curta
    101
    Nos siga no

    A mídia dos EUA reportou hoje, citando funcionários não-identificados, que o genro e assessor do presidente Donald Trump, Jared Kushner, teria conversado com o embaixador da Rússia nos Estados Unidos, Sergei Kislyak, na possibilidade de estabelecer um canal de comunicação entre a equipe de Trump e o Kremlin.

    Jared Kusher e Kislyak supostamente elaboraram um esquema para usar as instalações diplomáticas russas para proteger as conversas de pré-inauguração de serem monitoradas, informou o The Washington Post na sexta-feira.

    Na quinta-feira, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse que Moscou quer que a mídia norte-americana "deixe de espalhar mentiras sobre Kislyak". Ela também disse que as alegações de intromissão russa nas eleições dos EUA fazem parte de uma "campanha de difamação" bem pensada que não tem nada a ver com a realidade.

    O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou as alegações como sem fundamento e sem fundamento, observando que a Rússia não tinha intenção de interferir nas eleições presidenciais dos EUA e não teve contatos com a campanha Trump.

    Mais:

    Defesa de genro de Trump disposta a cooperar com investigação sobre Rússia
    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores da Rússia, The Washington Post, Kremlin, Jared Kushner, Sergei Kislyak, Donald Trump, Maria Zakharova, Dmitry Peskov, Estados Unidos, Moscou, Washington, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar