16:06 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Os ministros das Relações Exteriores da Rússia e China discutirão na próxima quinta-feira, a cooperação bilateral sobre assuntos internacionais, um componente crucial da parceria estratégica russo-chinesa.

    O ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi, se reunirá com seu colega russo Serguei Lavrov em 26 de maio, informou o Ministério do Exterior russo em comunicado.

    "Sergei Lavrov e Wang Yi vão trocar pontos de vista sobre uma ampla gama de questões atuais globais e regionais, incluindo a situação na Península Coreana, Oriente Médio, Norte da África e Afeganistão", disse a declaração do Ministério das Relações Exteriores.

    Segundo a declaração, os dois ministros discutirão um cronograma de reuniões dos chefes de estado e contatos a alto nível político. O presidente chinês, Xi Jinping, deve visitar oficialmente a Rússia em 4 de julho.

    O presidente russo Vladimir Putin reuniu-se com Wang na quinta-feira e sublinhou que a visita do chanceler a Moscou foi um importante passo preparatório para a próxima visita do líder chinês.

    "Estamos considerando a sua visita como uma etapa importante na preparação do evento chave deste ano nas relações russo-chinesas, a visita oficial do presidente chinês [Xi Jinping] à Rússia… Gostaria de transmitir meus melhores votos ao presidente chinês de calorosa boas-vindas", disse Putin depois de uma reunião com Wang.

    A reunião de sexta-feira será a terceira entre Wang e Lavrov este ano. Os dois chefes de política externa se reuniram anteriormente em Bonn, na Alemanha, em fevereiro, e em Astana, no Cazaquistão, em abril.

    O Ministério das Relações Exteriores russo sublinhou que tanto a Rússia como a China estavam a adoptar abordagens semelhantes ou idênticas à maioria dos problemas internacionais e pretendem manter uma estreita coordenação no que diz respeito à política externa.

    "A Rússia é pró-ativa na assistência à presidência chinesa do BRICS, ambos trabalhando para garantir a conectividade dos projetos EAEU e OBOR (Um Cinturão, Uma Estrada)", disse o Ministério das Relações Exteriores russo no comunicado.

    Ambos os países atribuem grande importância à intensificação da interação em diferentes formatos multilaterais, principalmente nas Nações Unidas, mas também na Organização de Cooperação de Xangai, nos BRICS, no G20, na Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, entre outros.

    Mais:

    Comércio bilateral entre Rússia e China emplaca novo recorde de crescimento
    Arrombar China e Rússia: o conceito de combate combinado dos EUA
    Rússia e China vetam resolução de sanções contra Síria na ONU
    Tags:
    Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, OBOR, EAEU, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Ministério das Relações Exteriores da China, Organização de Cooperação de Xangai (SCO), Nações Unidas, G20, BRICS, Wang Yi, Sergei Lavrov, Xi Jinping, Vladimir Putin, Astana, Bonn, Península Coreana, Norte da África, Cazaquistão, Xangai, Oriente Médio, Afeganistão, Alemanha, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar