03:20 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    7151
    Nos siga no

    As autoridades da UE e da OTAN estão culpando a Rússia de tudo o que acontece no mundo, declarou o chefe do Estado-Maior russo, Valery Gerasimov.

    "Os países do Ocidente estão aumentando a escala da dura guerra de informação lançada contra a Rússia. Se olharmos para as notícias da mídia norte-americana e europeia ficamos com a impressão de que praticamente todos os acontecimentos negativos do mundo são organizados ou pelos serviços secretos ou hackers russos", declarou Gerasimov durante a Conferência sobre Segurança em Moscou.

    Segundo ele, o objetivo desta guerra de informação consiste em denegrir a Rússia ao máximo e diminuir o seu papel na luta contra o terrorismo global e na resolução de outros problemas internacionais.

    ​Valery Gerasimov apontou que a Ocidente está ignorando as propostas de Moscou sobre a união de esforços na luta contra o terrorismo, o que favorece o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia).

    "O problema principal da segurança da Europa atual é que a confiança entre o Ocidente e a Rússia está diminuindo de forma crítica", adiantou o chefe do Estado-Maior russo.

    Também foi apontado que a OTAN está reforçando a sua presença militar ao longo das fronteiras russas.  

    "Em toda a linha de contato entre a Rússia e a OTAN os contingentes militares estão sendo reforçados. Está sendo aumentada a capacidade dos portos e aeródromos. Estão sendo criados centros para armazenamento de materiais. Isso permitirá à Aliança aumentar rapidamente a sua presença por meio do deslocamento de forças de reação rápida da OTAN para a região", acrescentou ele.

    Segundo ele as relações entre a Rússia e a OTAN estão ao nível mais baixo desde o fim da Guerra Fria.

    Entretanto Valery Gerasimov acrescentou que a Rússia está pronta para o restabelecimento do diálogo com a OTAN, precisando que a Rússia não tem intenções de acabar com a cooperação nas questões da segurança com a Europa, apesar da situação mundial existente.

    Mais:

    Estado-Maior russo: Militantes levam substâncias toxicas à Síria para EUA atacarem de novo
    Estado-Maior russo: na última semana radicais mataram 127 civis em Aleppo
    Tags:
    guerra de informações, notícias, opinião, diálogo, confiança, relações, política, mídia, segurança, Estado-Maior, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar