13:08 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Members of Jehovah's Witnesses wait in a court room in Moscow, Russia

    OSCE preocupada com a proibição das Testemunhas de Jeová na Rússia

    © AP Photo / Ivan Sekretarev
    Rússia
    URL curta
    261625

    O Diretor do Gabinete para as Instituições Democráticas e para os Direitos Humanos (ODIHR) da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), Michael Georg Link, pediu às autoridades russas que assegurem que os direitos à liberdade de religião ou crença, à liberdade de opinião e expressão à comunidade das Testemunhas de Jeová é mantida.

    O diretor do Escritório para as Instituições Democráticas e para os Direitos Humanos (ODIHR) da OSCE, Michael Georg Link, expressou sua preocupação pela decisão da Corte Suprema russa de proibir as Testemunhas de Jeová como uma organização extremista.

    "Estou profundamente preocupado com esta criminalização injustificada das atividades pacíficas dos membros das comunidades de Testemunhas de Jeová na Rússia, eliminando esta comunidade como uma entidade viável no país.Esta decisão da Suprema Corte representa uma ameaça aos valores e princípios democráticos, Livres, abertas, pluralistas e tolerantes", disse Link, conforme citado na declaração do ODIHR.

    Exortou as autoridades russas a garantir que sejam respeitados os direitos à liberdade de religião ou crença, à liberdade de opinião e de expressão, à liberdade de reunião pacífica e à associação dos indivíduos pertencentes à comunidade das Testemunhas de Jeová. Na quinta-feira, a Suprema Corte russa decidiu que as atividades do Centro Administrativo das Testemunhas de Jeová na Rússia eram extremistas e estavam, portanto, proibidas.

    O juiz Yury Ivanenko disse que o tribunal também decidiu apreender as propriedades do centro.

    Mais:

    Aleluia irmão (ou não): 'Testemunhas de Jeová' pode ser banido da Rússia por extremismo
    Tags:
    Escritório para as Instituições Democráticas e para os Direitos Humanos, Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, Suprema Corte da Rússia, Centro Administrativo das Testemunhas de Jeová, Testemunhas de Jeová, OSCE, ODIHR, Michael Georg Link, Yury Ivanenko, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik