03:25 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Reunião do Conselho de Segurança da ONU

    Rússia vetará 'projetos destrutivos sobre a Síria' na ONU

    © REUTERS/ Mike Segar
    Rússia
    URL curta
    31550181

    A Rússia não permitirá que projetos destrutivos sobre a Síria sejam submetidos ao Conselho de Segurança da ONU, disse o representante permanente do país no organismo internacional, Vladimir Safronkov.

    "Há uma oportunidade de fazer da Síria um modelo de cooperação para resolver conflitos, algo a que não ajudaria projetos destrutivos geopolíticos, não os permitiremos isso no Conselho de Segurança da ONU", disse o diplomata russo.

    Safronkov ressaltou que a solução política é "a única maneira de restaurar a paz na Síria e reduzir as tensões no Oriente Médio".

    A estabilização na Síria permitiria normalizar a situação em muitos países da região, acrescentou.

    Na terça-feira, a França, o Reino Unido e os Estados Unidos apresentaram um projeto de resolução condenando o ataque químico à cidade síria de Jan Sheijun, na província de Idlib, que o Ocidente acusa Damasco e exige a plena cooperação com a pesquisa internacional.

    O projeto será votado pelo Conselho de Segurança na quarta-feira, às 15h, hora local. No dia 7 de abril, os Estados Unidos lançaram 59 mísseis de cruzeiro Tomahawk de navios de guerra localizados no Mediterrâneo contra a base aérea de Shairat, na província síria de Homs.

    Washington argumenta que aviões sírios usaram a base para bombardear Jan Sheijun. O governo sírio nega qualquer implicação no incidente que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, matou 84 pessoas e deixou 545 intoxicado em 4 de abril.

    Tags:
    Shairat, Tomahawk, Organização Mundial de Saúde, Conselho de Segurança da ONU, Vladimir Safronkov, Washington, Mar Mediterrâneo, Homs, Oriente Médio, Síria, Idlib, Jan Sheijun, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik