19:39 23 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Nesta imagem fornecida pela Marinha dos Estados Unidos, o destrutor de mísseis guiados USS Porter (DDG 78) lança um míssil de ataque de terra tomahawk no Mar Mediterrâneo, sexta-feira, 7 de abril de 2017.

    MRE da Rússia: posição dos EUA sobre Síria é um enigma

    © REUTERS/ Robert S. Price/Courtesy U.S. Navy/Handout
    Rússia
    URL curta
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)
    11137406

    A estratégia da Administração Trump em relação à Síria é um enigma para Moscou, declarou o vice-ministro do Ministério das Relações Exteriores russo, Sergei Ryabko, na véspera das negociações dos chefes das chancelarias da Rússia e dos EUA, Sergei Lavrov e Rex Tillerson.

    "A linha da Administração Trump em relação à Síria é um enigma. Inconsequência é a primeira coisa que vem à cabeça", declarou aos jornalistas o diplomata russo.

    Washington e seus aliados da coalizão internacional acusaram o exército sírio de usar arma química na província de Idlib em 4 de abril. EUA decidiram não seguir o conselho da Rússia de investigar a situação antes de culpar a Síria. Ao invés disso, realizaram o ataque de mísseis à base aérea síria de Shayrat na noite de 7 de abril. Segundo dados do pentágono, foram lançados 59 mísseis de cruzeiro.

    Tema:
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)

    Mais:

    Ministério da Defesa russo critica a suposta 'eficiência' do ataque dos EUA na Síria
    Putin comparou o ataque contra Síria com a intervenção dos EUA no Afeganistão
    Trump: EUA não planejam intervenção militar na Síria
    EUA não escutam ninguém
    Tags:
    estratégia, investigação, base aérea, mísseis de cruzeiro, ataque, acusações, aliados, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Pentágono, coalizão internacional, Rex Tillerson, Sergei Lavrov, Donald Trump, Sergei Ryabkov, Shayrat, Idlib, Síria, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik