19:40 23 Julho 2017
Ouvir Rádio
    O presidente da Rússia Vladimir Putin no Fórum Internacional sobre o Ártico

    Putin: não há evidências de que Damasco usou armas químicas

    © Sputnik/ Grigoriy Sisoev
    Rússia
    URL curta
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)
    151501183

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta terça-feira que, até o momento, não há provas de que o governo sírio de fato usou armas químicas para atacar rebeldes ou civis, mas há, sim, evidências de que os EUA violaram o direito internacional ao atacar a Síria.

    "Como reagiram os aliados da OTAN? Estão todos acenando positivamente, como bonecos cabeça de mola, sem analisar nada do que está acontecendo. Onde estão as provas do uso de armas químicas pelas tropas sírias? Não há provas. No entanto, há violação do direito internacional. Esse é um fato evidente", declarou Putin em entrevista à emissora Mir 24, ao comentar o ataque de mísseis dos EUA contra a Síria.

    Washington e seus aliados da coalizão militar responsabilizaram o exército da Síria pelo suposto uso de armamentos químicos na província de Idlib no dia 4 de abril. Os EUA, sem demonstrar nenhuma prova do ocorrido, e sem atender ao apelo da Rússia de realizar uma investigação, antes de acusar Damasco, realizaram um ataque de mísseis, no dia 7 de abril, contra uma base aérea síria.

    Antes disso, Damasco declarou inúmeras vezes que as suas tropas não usaram, nem pretendem usar, armas químicas contra civis ou terroristas.

    Tema:
    Ataque norte-americano contra base aérea síria (82)
    Tags:
    ataque químico, OTAN, Vladimir Putin, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik