10:17 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Socorristas trabalham no local do atentado em São Petersburgo, em 3 de abril de 2017

    Investigação confirma identidade do autor do atentado em São Petersburgo

    © Sputnik / Aleksei Danichev
    Rússia
    URL curta
    Explosão no metrô de São Petersburgo (23)
    17117

    O Comitê de Investigação da Rússia revela oficialmente a identidade do autor do atentado em São Petersburgo.

    O autor do atentado é Akbarzhon Dzhalilov, de 22 anos, cidadão da Rússia natural do Quirguistão.

    "A investigação estabeleceu a identidade da pessoa que perpetrou a explosão em um trem do metrô de São Petersburgo. Foi Akbarzhon Dzhalilov, nascido em 01.04.1995", disse Svetlana Petrenko, a porta-voz do Comitê.

    Akbarzhon Dzhalilov, homem-bomba que cometeu atentado no metrô de São Petersburgo, em 3 de abril 2017
    © Foto : AKBARZHON DZHALILOV / VKONTAKTE
    Akbarzhon Dzhalilov, homem-bomba que cometeu atentado no metrô de São Petersburgo, em 3 de abril 2017

    "Os resultados do teste de DNA e gravações de câmeras de segurança sugerem que foi o mesmo indivíduo que perpetrou a explosão e tinha deixado uma mochila com um artefato explosivo na estação Ploshchad Vosstaniya", disse Petrenko.

    Mais cedo, as autoridades do Quirguistão já tinham adiantado que o jovem em questão podia ser o autor do ataque que matou 14 pessoas.

    De acordo com os dados apurados, Dzhalilov é de etnia uzbeque e tem cidadania russa. Apesar de ter nascido no Quirguistão, ele nunca chegou a ter um passaporte quirguiz. A partir de 2011, ele morava em Moscou, a maior parte do tempo sem os pais, que tinham regressado ao Quirguistão.

    Uma ação criminal está em curso para investigar as causas do atentado que, além de provocar 14 mortos, feriu 49 pessoas.

    Akbarzhon Dzhalilov, autor do atentado no metrô de São Petersburgo em 3 de abril de 2017, foto das redes sociais
    © Sputnik /
    Akbarzhon Dzhalilov, autor do atentado no metrô de São Petersburgo em 3 de abril de 2017, foto das redes sociais

    A Rússia recebeu condolências de chefes de vários Estados, inclusive dos EUA e Portugal. O Itamaraty também emitiu uma nota condenando o ataque terrorista.

    Mapa do atentado em São Petersburgo
    © Sputnik /
    Mapa do atentado em São Petersburgo
    Tema:
    Explosão no metrô de São Petersburgo (23)
    Tags:
    Comitê de Investigações da Rússia, Quirguistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar