09:10 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Avião da OTAN efetuando um voo de reconhecimento sobre as águais neutrais do mar Báltico

    Opinião: Aviões da OTAN são muito mais ativos do que os russos no Báltico

    © REUTERS/ Wolfgang Rattay
    Rússia
    URL curta
    1128192

    As acusações de agressão a Moscou são feitas sob falsos pretextos, declarou o presidente da Rússia Vladimir Putin, acrescentando que a atividade aérea da aviação da OTAN no Báltico supera a da Rússia.

    Falando na sessão plenária do Fórum "Ártico – Território de Diálogo", o chefe de Estado russo denunciou a hipocrisia das acusações de agressão feitas à Rússia, que surgem para desviar as atenções. 

    Além disso, ele apontou que a atividade militar da Aliança tem sido muito mais importante do que a da Rússia, a julgar pelo número de aviões que sobrevoam o Báltico. 

    "E depois disso, alguém tenta nos acusar de um qualquer comportamento agressivo", prosseguiu o presidente russo comentando as acusações dos países ocidentais. "É um falso pretexto que serve só para a mídia". 

    O presidente russo lembrou que a Rússia apoiou as preocupações da Finlândia sobre os voos de aviões militares, com respondedores desligados no espaço aéreo do Báltico. Apesar das dificuldades técnicas, a Rússia estava pronta a fazer todo o possível para utilizar tais aparelhos, mas a Aliança Atlântica recusou a iniciativa. 

    Quanto aos EUA, o presidente da Rússia não tem intenções nem de combater, nem de reiniciar uma competição com os EUA. Ele referiu, entretanto, que os gastos militares dos EUA superam os de todos os países do mundo. 

    Mais:

    OTAN intercepta avião russo no mar Báltico
    Moscou propõe à OTAN jogar aberto no Báltico
    Tags:
    reforço, tensão, comportamento, política, atenção, acusações, aviação, OTAN, Vladimir Putin, Mar Báltico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik