20:03 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Membros do grupo radical Talibã

    Ministério da Defesa nega que a Rússia forneça armas a terroristas

    © REUTERS / Stringer/Files
    Rússia
    URL curta
    1030

    O Ministério da Defesa russo nega que a Rússia forneça armas ao movimento terrorista Talibã, proibido na Rússia, disse o porta-voz da pasta, o major-general Igor Konashénkov.

    "Ao contrário das entidades estatais dos EUA, o Ministério da Defesa russo não cooperou [com o Talibã] e nem pretendia fazê-lo, e ainda menos fornece armas a organizações reconhecidas como terroristas pela ONU", afirmou.

    Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 10 de junho de 2016
    © Sputnik / Mikhail Voskresensky
    A fala é uma resposta à OTAN, que por meio do Supremo Comandante, general americano Curtis Scaparrotti, acusou a Rússia na semana passada de dar suporte diplomático e armamentos ao grupo. 

    O Talibã é um movimento nacionalista islâmico que governou o Afeganistão por cinco anos, entre 1996 e 2001. O grupo é considerado uma organização terrorista pela Rússia, União Europeia e Estados Unidos, sendo um dos principais inimigos dos EUA no país.

    Mais:

    Talibã e Daesh sofrem pesadas baixas no Afeganistão
    Moscou desmente declarações dos EUA de que Rússia ajuda os Talibã
    Mais de 40 mortos em ataque do Talibã no sul do Afeganistão
    Tags:
    Ministério da Defesa (Rússia), Talibã, União Europeia, OTAN, ONU, Igor Konashénkov, Curtis Scaparrotti, Estados Unidos, Afeganistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik