08:03 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Militares russos durante os exercícios conjuntos da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC) no Tajiquistão, abril de 2016

    Escudo inquebrável: Rússia e Tajiquistão realizam exercícios de contraterrorismo

    © Sputnik / Vitaly Belousov
    Rússia
    URL curta
    4120

    Os militares de ambos os países vão reforçar a cooperação entre tropas em operações conjuntas contra grupos armados ilegais.

    A Rússia e o Tajiquistão lançaram na segunda-feira (27) exercícios conjuntos antiterroristas de comando e de estado-maior, que serão realizados até 30 de março, informou o Ministério da Defesa russo num comunicado.

    "De acordo com o plano de cooperação entre o Ministério da Defesa da República do Tajiquistão e o Ministério da Defesa da Rússia, foi iniciado no Tajiquistão um exercício conjunto contraterrorismo da Rússia e do Tajiquistão, que terá lugar de 27 a 30 de março de 2017", se lê na declaração.

    Durante os exercícios, os militares de ambos os países vão aperfeiçoar a cooperação das tropas em operações conjuntas contra grupos armados ilegais, acrescentou o Ministério.

    Os exercícios são realizados na região de Khatlon, no sul do Tajiquistão, nos campos de treinamento de Harbmaidon, Momirak, Moskovsky, Laur e Sambuli.

    A Rússia e o Tajiquistão assinaram em 1997 um acordo sobre cooperação na área da defesa e da prevenção e eliminação de situações de emergência.

    A base militar russa no Tajiquistão é o maior campo de treinamento das Forças Armadas da Rússia fora do país. O acordo sobre o estabelecimento da base, criada pela reorganização da divisão 201, expira em 2042.

    Mais:

    Bielorrússia exige que OTAN tenha acesso aos seus exercícios militares com Rússia
    Rússia vai construir réplica do Parlamento alemão para exercícios militares de invasão
    Rússia começa exercícios com sistemas de mísseis Topol
    Tags:
    exercícios militares, Ministério da Defesa (Rússia), Tajiquistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik