19:49 10 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    52104
    Nos siga no

    A decisão dos Estados Unidos de impor medidas restritivas contra várias empresas russas provoca decepção, mas as sanções não trazem problemas sérios para a Rússia, disse a representante oficial do ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova no domingo.

    "A decisão do governo dos Estados Unidos de impor medidas restritivas contra várias entidades russas, incluindo as da indústria aeronáutica e da formação de pilotos, provoca desconcerto e desapontamento. É claro que essa nova porção de sanções não nos causa sérios problemas, mas os Estados Unidos sequer declararam as razões, simplesmente se referiram à legislação que proíbe a cooperação com o Irã e a Síria", disse Zakharova em um comunicado publicado na página do ministério no Facebook.

    As sanções dos EUA foram adotatas contra 150ª Fábrica de Reparo de Aeronaves(Helicópteros da Rússia), Aviaexport, Bazalt, Kolomna Design Bureau de Construção de Máquinas (KBM), Rosoboronexport (ROE), Ulyanovsk Academia Superior de Aviação da Aviação Civil (UVAUGA), Centro de Treinamento para Aviação Civil de Ural, Academia Zhukovskiy e Gagarin (Academia Z & G).

    Mais:

    Presidente búlgaro: Sanções recíprocas entre Rússia e UE dividem a Europa
    Não, obrigado: Rússia não trocará Crimeia pela remoção de sanções
    Rússia não vai iniciar discussão sobre revisão de sanções
    Tags:
    sanções, Maria Zakharova, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar